Você está usando um navegador antigo. Por favor, utilize versão suportada para ter acesso às melhores funções do MSN.

Ana Furtado adota franja após fim de quimioterapia: 'Rito de passagem'. Veja!

Logotipo do(a) Purepeople Purepeople 14/09/2018

Ana Furtado comemorou o fim das sessões de quimioterapia com corte de cabelo. Adepta da crioterapia, para diminuir a queda dos fios durante o tratamento, a apresentadora adotou franja nesta sexta-feira (10). "Tempo de mudanças. E elas fazem parte das nossas vidas. Umas ótimas e maravilhosas, como a maternidade. Outras nem tanto... algumas são impostas. Nos assustam, mas ensinam. Terminei a minha quimio e sou agradecida por ter sido vitoriosa nessa primeira missão. A radioterapia vem na sequência e tenho certeza de que sairei novamente vitoriosa", comemorou no Instagram.

Apresentadora comemora mudança de visual: 'Rito de passagem'

A jornalista, em repouso antes de iniciar a radioterapia, disse que a transformação no cabelo foi importante: "Tempo também de celebrar a vida e virar uma página importante dela. Hoje vivi um tipo de rito de passagem. Cortei o meu cabelo, que guerreiramente resistiu a tamanha covardia contra ele. Santa #toucainglesa. Homens e suas tecnologias. Tive esse privilégio. E os fios que foram voltarão, e os que ficaram cairão... esse é ciclo da vida. 'Nada é permanente, exceto a mudança'. Heráclito, o seu pensamento é precioso e nos ensina que permanentemente vivemos mudanças. E cabe a nós aprender, crescer e mudar. Para melhor, meu Deus! Obrigada por tantos ensinamentos".

Artista conta como lida com tristeza: 'Me permito sentir'

Ana se mostrou bastante positiva durante o tratamento contra câncer. Porém, a apresentadora afirmou que tem momentos de tristeza e contou como faz para lidar com eles: "Me permito sentir. Faz parte. É humano e fortalece ao contrário do que imaginamos. Se entristecer não é fraqueza. Sentir dor não é uma escolha. Sorrir e ver o lado bom da vida mesmo nos momentos de fragilidade é uma escolha e se torna fundamental quando se 'quer estar vivo'. Viver na plenitude tem sido o meu lema. Na alegria, tristeza, dor e fraqueza... Vamos viver um dia de cada vez como se fosse o último. Mesmo que esteja 'nublado' como hoje. O melhor dia das nossas vidas começa igual a um dia qualquer. Apreciem as pequenas coisas".

(Por Tatiana Mariano)

Mais de Purepeople

image beaconimage beaconimage beacon