Você está usando um navegador antigo. Por favor, utilize versão suportada para ter acesso às melhores funções do MSN.

Progressiva sem formol é melhor? Saiba os benefícios e como cuidar

Logotipo do(a) Salon Line Salon Line 09/08/2018 Tayla Pinotti
Progressiva © Shutterstock Progressiva

Uma das técnicas de alisamento mais conhecidas entre as mulheres é a escova progressiva. Esse método ficou super famoso e ganhou muitas adeptas pelo efeito liso chapado que proporciona.

Logo quando chegou ao Brasil, era muito comum encontrar formol na fórmula das escovas progressivas, assim como na maioria dos outros procedimentos de alisamento químico.

Porém, a Anvisa – Agência Nacional de Vigilância Sanitária – estabelece o limite máximo de 0,2% de formol por produto, o que fez com que muitos salões parassem de oferecer a progressiva com esse produto.

Além disso, os riscos que o formol oferece à saúde começaram a ser cada vez mais visíveis e as mulheres passaram a abdicar dos alisamentos com a substância.

Como alternativa para essa questão, surgiu a “progressiva sem formol”, que não danifica a fibra capilar e não oferece riscos à saúde.

Veja abaixo como funciona esse tipo de tratamento capilar.

Escova progressiva sem formol: como ela age?

Na verdade, a escova progressiva sem formol tem a mesma finalidade da escova com formol, que é alisar, tirar o frizz e o volume dos cabelos.

Atualmente, existem alguns tratamentos e produtos para progressiva sem formol, como a Defrisagem gradativa e a Selagem redutora.

A defrisagem gradativa é um sistema térmico de tratamento que reduz o frizz e o volume dos cabelos, podendo ser usada por mulheres com fios de todas as curvaturas e até mesmo por quem já tem os fios lisos e deseja um efeito mais chapado.

Esse tratamento é livre de formol, mas possui ativos em sua composição que selam a cutícula, dão brilho e concedem movimento natural aos fios. Por isso, ele é uma ótima opção para quem deseja uma progressiva boa sem formol.

Já a selagem redutora é um sistema térmico disciplinante considerado um pouco mais leve do que a defrisagem gradativa. Apesar disso, os resultados são bastante parecidos, sendo que a selagem também ajuda a promover força e a devolver a vitalidade e brilho dos fios.

Em ambas as técnicas, os produtos devem ser aplicados nos cabelos e, em seguida, os efeitos devem ser ativados com o contato do secador de cabelo e prancha alisadora.

Para um resultado perfeito, a melhor opção é buscar uma progressiva sem formol profissional, respeitando o “modo de usar” descrito na embalagem do produto que está sendo utilizado para esse tratamento. Além disso, é muito importante sempre realizar um teste de mecha antes de submeter os cabelos à qualquer uma dessas técnicas.

Progressiva sem formol alisa?

Sim! Apesar de muitas pessoas afirmarem que a progressiva com formol alisa mais, a versão sem formol também oferece ótimos resultados para quem deseja alisar as madeixas.

E, para manter o efeito liso por mais tempo, a dica é investir em produtos para cabelos com progressiva, como a linha Meu Liso #Progressivado, que conta com shampoo, condicionador, máscara pós-progressiva.

Lembre-se que a progressiva é uma ótima opção para alisar e reduzir o frizz e o volume dos seus cabelos, mas sempre procure ajuda profissional para a realização dessa técnica. E, claro, fuja do formol!

image beaconimage beaconimage beacon