Você está usando um navegador antigo. Por favor, utilize versão suportada para ter acesso às melhores funções do MSN.

Trancinhas no cabelo: 3 tipos de tranças para cabelo

Logotipo do(a) Salon Line Salon Line 27/04/2018 Thauany Lima

As tranças são as melhores aliadas na hora de dar aquela repaginada no visual ou esconder as diversas texturas do cabelo em transição. Elas ajudam a proteger os fios e ainda facilitam muito a vida, pois a manutenção não é com tanta frequência e não precisa de muito esforço para cuidar diariamente.
Uma dica antes de fazer qualquer trança é estar com o cabelo completamente seco, pois um cabelo trançado molhado ou úmido pode ser ambiente para a proliferação de bactérias e fungos. Então não se esqueça de secar totalmente o cabelo antes de trançar.

1° Trança nagô

Nagô © Shutterstock Nagô
A trança nagô é de origem africana e é feita sempre rente ao couro cabeludo. Elas ajudam a disfarçar as diversas texturas dos fios no momento da transição capilar, além de deixar o cabelo estiloso e despojado. A trança nagô deve ser feita com os fios secos e limpos, evite usar muito finalizador para facilitar na hora de trançar.
Quando começar a trançar é preciso que se divida o cabelo ao meio e, com um pente fino, solte a primeira mecha a ser trançada. É legal prender com uma presilha o restante do cabelo, para não se perder.
Em seguida, divida a mecha em três partes iguais e faça uma trança embutida rente à raiz. É bom lembrar que a grossura da trança vai depender da quantidade de cabelo que separou por mecha.
Faça sempre as tranças puxando o cabelo para trás, assim as traças ficarão justas e com as características de uma trança embutida. No fim da trança, prenda as pontas com um elástico de silicone ou da maneira que achar melhor. É importante prender para evitar que a trança se desfaça.

2° Trança Box Braid

Box braid © Shutterstock Box braid
As tranças Box Braids, também conhecidas como Rastafari, são trancinhas soltas e feitas com materiais sintéticos como: lã, jumbo ou kanekalon. Esses materiais são trançados no cabelo natural e podem ser comprados de diversas cores e tamanhos.
A primeira etapa na realização das tranças Box Braids é dividir o cabelo em três partes, de orelha a orelha, da testa ao topo da cabeça e a parte de trás da cabeça.
Separe uma mecha, envolva o material sintético dobrado ao meio no cabelo natural e comece a trançar todo o comprimento da mecha. Repita isso em todas as mechas e prenda um elástico nas pontas de cada trança finalizada. Corte as pontas de cada trança rentes ao elástico e se quiser dar um acabamento nas pontas usando um isqueiro de leve, vai melhorar o aspecto das pontas.

3º Trança boxeadora

Boxeadora © Shutterstock Boxeadora
Outra trança que está em alta -e é super tendência- é a Boxeadora, ela faz qualquer look ficar mais estiloso, ousado e sofisticado.
As tranças boxeadoras são feitas nas laterais do cabelo, o primeiro passo é dividir o cabelo ao meio e escolher qual lado quer começar a trançar. Antes de começar é bom usar algum produto para dar textura aos fios, como uma pomada ou mousse.
Inicie dividindo a mecha da frente em três partes e comece a trançar puxando o cabelo para trás. A trança é embutida, então continue interligando a mecha central às mechas seguintes. O diferencial dessa trança é que, em vez de passar as mechas por cima, elas devem ser passadas por baixo da mecha central, é o movimento contrário ao de uma trança tradicional.
Agora é só escolher a trança que mais te agradou e arrasar no estilo!

image beaconimage beaconimage beacon