Você está usando um navegador antigo. Por favor, utilize versão suportada para ter acesso às melhores funções do MSN.

Blogueira contrai dívida de R$ 32 mil para fazer posts ‘perfeitos’ no Instagram

Logotipo do(a) Estadão Estadão 09/03/2018 Redação

blogueira dívida: Uma blogueira norte-americana contraiu dívida de quase R$ 32 mil para manter a aparência de uma vida perfeita no Instagram © Instagram/@lissettecalv Uma blogueira norte-americana contraiu dívida de quase R$ 32 mil para manter a aparência de uma vida perfeita no Instagram

A blogueira norte-americana Lissette Calveiro, que tem mais de 27 mil seguidores no Instagram, contou ao jornal New York Post que chegou a contrair uma dívida de US$ 10 mil (cerca de R$ 32 mil) para passar a imagem de que tinha um estilo de vida luxuoso e sem problemas.

Calveiro, que originalmente é de Miami, revelou que tudo começou quando ela se mudou para Nova York para um estágio. “Eu estava vivendo uma mentira, comprava roupas só para fazer posts no Instagram”, disse ao jornal. A blogueira contou que seu estágio pagava só auxílio-transporte e ela guardava esse dinheiro para comprar roupas para seus posts.

Após o fim do estágio, a blogueira voltou para Miami e continuou com uma vida aparentemente abastada mesmo sem dinheiro e chegou ao fundo do poço quando alcançou a dívida de US$ 10 mil entre roupas, viagens e restaurantes. Calveiro conseguiu um emprego em uma empresa de Nova York e decidiu que precisava mudar de vida. “Eu sabia que se voltasse para Nova York eu precisaria criar vergonha na cara ou não sobreviveria”, falou.

Ela desativou suas contas nas redes sociais e começou a economizar, conseguindo acabar com as suas dívidas em 14 meses. Apesar de ter voltado para o Instagram, hoje ela está com uma vida muito mais regrada e com as contas em ordem. “Ninguém fala sobre finanças pessoais no Instagram, agora eu vejo que é preocupante o exemplo que nós passamos para nossos seguidores”, disse.

VEJA TAMBÉM: Postagens em redes sociais que resultaram em demissão

Racismo no carnaval: Durante o carnaval 2018, Lucas Almeida pediu para tirar foto com três rapazes negros que curtiam a folia, e publicou-a em seu Instagram com uma legenda racista: "Vou roubei seu celular (sic)". Um dos jovens, Iarley Duarte, expôs o fato em sua rede social: "Infelizmente, ninguém está livre do racismo e preconceito. Esse babaca chegou no bloco e pediu pra tirar uma foto com a gente", denunciou. Em seguida, Lucas foi demitido de sua empresa; leia a história completa aqui.

Durante o carnaval 2018, Lucas Almeida pediu para tirar foto com três rapazes negros que curtiam a folia, e publicou-a em seu Instagram com uma legenda racista: "Vou roubei seu celular (sic)". Um dos jovens, Iarley Duarte, expôs o fato em sua rede social: "Infelizmente, ninguém está livre do racismo e preconceito. Esse babaca chegou no bloco e pediu pra tirar uma foto com a gente", denunciou. Em seguida, Lucas foi demitido de sua empresa; leia a história completa aqui.
© Facebook / @iarley.sena

home

Uma publicação compartilhada por Lissette Calveiro (@lissettecalv) em 20 de Fev, 2018 às 6:07 PST

Another day, another @bershkacollection outfit.

Uma publicação compartilhada por Lissette Calveiro (@lissettecalv) em 7 de Dez, 2017 às 7:49 PST

Mais de Estadão

image beaconimage beaconimage beacon