Você está usando um navegador antigo. Por favor, utilize versão suportada para ter acesso às melhores funções do MSN.

8 coisas que você está fazendo errado na hora de lavar as roupas

Logotipo do(a) HuffPost Brasil HuffPost Brasil 10/08/2017 Ariel

Quem nunca cometeu o erro de colocar sabão demais na máquina? © Reprodução / Just My Luck Quem nunca cometeu o erro de colocar sabão demais na máquina?

Quando coloca as camisetas limpas na gaveta, você tem certeza que fez tudo certo e que cumpriu a tarefa de lavar roupas à perfeição. Mas, é preciso dizer a verdade, você muito provavelmente cometeu – e ainda comete – os erros a seguir, e tem lidado com as suas consequências: roupas que mancham ou não duram tanto, zíperes que enroscam em outras roupas e jeans que ficam sem cor a cada nova batida na máquina.

Por isso, fique de olho nos erros a seguir justamente para não os cometer novamente, e garantir que as suas roupas ficarão sempre bonitas e bem-cuidadas, do jeitinho que você quer.

1.Você não confere as instruções na etiqueta

Aqueles símbolos que vêm na etiqueta das roupas podem parecer um código indecifrável, mas saber o que eles significam é essencial para você lavar as suas roupas adequadamente. Em resumo, eles indicam se a peça pode ou não ir na máquina, se precisa ser lavada à mão, se pode ser passada ou tratada com produtos à base de cloros e alvejantes. Lavar uma roupa de acordo com as instruções de uso garante que ela vai durar mais e manter a qualidade com o tempo.

2.Você lava todas as roupas juntas

Talvez o erro mais comum de todos. Você precisa separar as suas roupas em quatro pilhas: brancas, pretas, coloridas e delicadas (calcinhas e sutiãs, por exemplo). Cada uma dessas categorias pede alguns cuidados à altura, como uma lavagem mais branda ou um alvejante extra. Deixar cada pilha bem delimitada e lidar com cada roupa de acordo com a tonalidade e necessidade aumenta a sua vida útil e evita problemas como uma blusa vermelha que mancha o vestido branco.

3.Você não sabe a diferença entre a água quente e fria

A água quente é perfeita para tirar manchas e lavar peças que ficam muito sujas, como toalhas. Roupas brancas (que mancham facilmente) e tecidos pesados também podem ser lavados com água nessa temperatura. Já água fria funciona bem para roupas coloridas ou escuras, porque evita que a tinta escorra e que os tecidos encolham. Já deu para perceber como essa diferença é importante, certo?

4.Você deixa zíperes abertos

O problema do zíper aberto na máquina é que ele pode enganchar em alguma roupa mais delicada, como a alça de um top de seda, e ainda arranhar as portas e laterais da máquina de lavar. O mesmo vale para sutiãs: os fechos podem enroscar nos tecidos e causar furos e outros problemas. A alça pode ficar presa nas roupas por causa do movimento da máquina e danificar a peça. O ideal é sempre lembrar de subir os zíperes e colocar sutiãs fechados em um saco específico para essa finalidade ou dentro de uma fronha (lavá-los apenas com outros itens delicados também ajuda muito).

5.As suas roupas são lavadas depois de cada uso

Lavar as roupas cada vez que você as usa pode parecer a melhor coisa do mundo, porém isso não é recomendado. O motivo é simples: quanto mais você lava uma peça, mais ela 'desgasta' por conta da água e da movimentação da lavagem – ela pode perder a cor, o formato, mangas podem ficar alongadas... A não ser quando você suar demais ou sujar muito uma roupa, espere entre dois e três usos antes de colocar uma peça para lavar.

6.Você usa sabão demais

Na hora de colocar o sabão Ariel, lembre-se sempre de seguir as recomendações de acordo com a embalagem e os medidores da sua máquina. Usar sabão demais faz espuma desnecessária e acumula nas peças, e o resultado são roupas mais sujas do que quando entraram no processo – você terá o trabalho duplo de lavá-las novamente. Não exagere na dose: quando o sabão é concentrado, uma quantidade menor garante uma limpeza profunda e roupas incríveis, sempre!

7.Você não vira o jeans do avesso

O truque de virar o jeans do avesso ao lavar tem tudo a ver com a cor: a peça em seu estado 'normal' fica cada vez mais desgastada e sem cor – e modelos escuros podem começar a ficar esbranquiçados. Além disso, o melhor é lavá-las sempre com água fria, para evitar ainda mais essa perda.

8.Você pula o teste da tintura

Sabe aquela blusa vermelha que você não tem certeza se vai soltar tinta ou não? Um truque simples para saber se isso vai mesmo acontecer é molhar uma parte da blusa e pressionar um pano branco por cima. Se o branco sair colorido, a blusa com certeza vai soltar tinta na lavagem. Você pode ainda lavar a peça sozinha até que ela pare de soltar tinta ou ainda optar por colocá-la na máquina com uma meia branca velha para testar a cor.

LEIA MAIS:

- 17 dicas que vão mudar a sua cozinha para sempre

- 20 dicas com material de escritório que vão mudar a sua vida

Mais de HuffPost Brasil

image beaconimage beaconimage beacon