Você está usando um navegador antigo. Por favor, utilize versão suportada para ter acesso às melhores funções do MSN.

Se seu bebê não quer mamar, 4 razões explicam a greve de fome dos pequenos

Logotipo do(a) Vix Vix 08/11/2019
Por goodluz © Por goodluz Por goodluz

Ao se tornar mãe, você sabe que sua vida muda para sempre: um abismo de mistérios difíceis de lidar se abre e, entre os desafios mais comuns, está a recusa do bebê em mamar no peito.

A "greve de fome" do pequeno pode, de acordo com informações da Mayo Clinic, estar relacionada a diversos fatores. Porém, todos eles são comuns e têm solução, o que deve ser apontado de forma individualizada pelo médico do bebê.

UvGroup vía Shutterstock © UvGroup vía Shutterstock UvGroup vía Shutterstock

Por que meu bebê não quer mamar?

1. Aromas ou sabores incomuns. A rejeição ao seio materno pode estar relacionada ao uso de um novo sabonete corporal, perfume, loção ou desodorante, no que diz respeito ao aroma em questão, ou a uma mudança de sabor no leite causada pela dieta da mãe.

2. Você não tem mais tanto leite. Neste caso, além de tentar alimentar com o peito, pode ser necessária um complemento com fórmula (orientado pelo médico que lhe acompanha, é claro).

FamVeld/istock © FamVeld/istock FamVeld/istock

3. Dor ou desconforto. Dentição, candidíase do bebê ou afta são condições que podem causar dor na boca durante a amamentação e, consequentemente, desconforto durante a sucção.

4. Até mesmo estresse pode estrar por trás do problema. O bebê pode sentir essa emoção depois de superestimulação, atraso na alimentação ou separação prolongada, bem como uma reação muito intensa da mãe após uma mordida.

Lolostock vía Shutterstock © Lolostock vía Shutterstock Lolostock vía Shutterstock

Amamentação: o que você precisa saber

___________________________

Vídeo: Como lidar com a síndrome de burnout parental? (TV Cultura)

Repetir vídeo
A SEGUIR
1
Cancelar
A SEGUIR
A SEGUIR

Mais de Vix

image beaconimage beaconimage beacon