Você está usando um navegador antigo. Por favor, utilize versão suportada para ter acesso às melhores funções do MSN.

Pare de fugir dos problemas usando 3 ferramentas simples

Logotipo do(a) Personare Personare 26/10/2017
Pare de fugir dos problemas usando 3 ferramentas simples © Istockphoto Pare de fugir dos problemas usando 3 ferramentas simples

Situações desconhecidas, sejam elas felizes ou desafiadoras, nos tiram da zona de conforto e causam medo. Nestes casos, infelizmente, a grande maioria das pessoas apenas sente vontade de fugir ou reage a essas circunstâncias de forma impulsiva e inconsciente. Isso acontece pela falta de presença que temos em nossas vidas, unida ao pouco tempo que disponibilizamos para o nosso autoconhecimento. Mas é possível usar 3 ferramentas simples para mudar este cenário e passar a tomar decisões cada vez mais conscientes.

+ Você tem medo do desconhecido?

A diferença entre agir e reagir

Reação é a mesma coisa que agir impulsivamente, ou seja, sem estar presente. É um reflexo do instinto que normalmente está relacionado ao ato de se proteger. Já a ação é uma escolha consciente de uma próxima ação ou até mesmo de uma não ação.

A decisão tomada com presença traz autorresponsabilidade, enquanto a reação tende a colocar a "culpa" na vida, no outro, no clima, etc.

Ação = Ato consciente

Reação = Impulsividade (o famoso "fiz sem pensar")

Quando a vida nos tira da zona de conforto, primeira reação é querer fugir do desafio

O que faz sentido para mim é que quando não acreditamos que vamos dar conta de suportar um possível contato com alguma situação desconhecida, a reação impulsiva e inconsciente surge. É muito instintivo buscarmos sempre uma zona de conforto, um local seguro, conhecido, e quando a vida nos tira desta zona de conforto, reagimos!

+ Reflita se a busca por segurança afeta o seu poder de realização

Instintivamente lutamos para não encarar o desconhecido, que pode ser uma emoção, como uma "dor" que carregamos no sistema, mas também uma sensação boa, de prosperidade, que por sua vez pode ser desconhecida também, levando a gente a se autossabotar quando ela aparece! Fala sério, quantas vezes nós não conseguimos sustentar um estado gostoso na vida e sabotamos essa felicidade, não é mesmo?

Então, resumindo: tudo o que tira a gente da zona de conforto acaba sendo um desafio. E tendemos a reagir a isso, ou seja, a fugir do desafio. Fazemos isso reagindo e gerando distrações para as nossas vidas. Gastamos muita energia se protegendo, para não entrar em contato com o que de fato precisamos entrar para sentir a realidade da vida: o medo ou mesmo a alegria.

+ Obsidiana: pedra tira você da zona de conforto

Como mudar esse jogo?

Temos algumas ferramentas à nossa disposição, que nos ajudam a estarmos mais presentes e atentos aos momentos da vida. Com o constante uso destas ferramentas, nós vamos conquistando o estado de presença que nos possibilita agir ao invés de reagir.

3 ferramentas para tomar decisões conscientes

Vou apresentar a vocês três ferramentas que gosto muito de utilizar, pois acredito muito no potencial delas: concentração, autoconhecimento e prática física.

1ª - Concentração:

Estar concentrado significa estar com a sua atenção focada em um só ponto. Pode parecer simples, e é, mas a grande complicação está em mantermos este estado de foco.

Repare que muito rapidamente a nossa mente nos leva para outro lugar e os pensamentos tomam, assim, uma grande parte de nossa energia. Pode ser que agora mesmo, enquanto você está lendo esse artigo, esteja tendo uma grande batalha interna para manter a sua atenção presente, plena. Certo?

+ Aromas e florais para ter mais concentração

Então, vamos fortalecer nossa concentração? Aprenda o exercício por meio do texto abaixo:

  • Mesmo com os olhos abertos, foque a sua atenção em um único ponto a sua frente.
  • Você pode piscar, mas durante 1 minuto, foque a sua atenção neste único ponto.
  • Faça o possível para não se distrair e não mudar o seu olhar de direção.
  • Se a sua mente agitar e pensamentos passarem, não brigue com isso, apenas continue no exercício.
  • Depois de um minuto volte a fazer as suas coisas normalmente.

Simples não? Com a constância neste exercício, sua presença e foco serão fortalecidos, o que é um pré-requisito para ações cada vez mais conscientes na vida.

2ª - Autoconhecimento:

É o que possibilita a permanência da concentração, pois quando conhecemos um pouco mais das emoções que passam pela gente e não corremos delas, conseguimos agir ao invés de reagir.

Nos meus estudos pessoais, percebo que o que me faz reagir na vida é a inabilidade de suportar alguma emoção. E o mais interessante é notar que pode ser tanto uma emoção ruim, como a raiva, o medo e inveja; como uma emoção boa, como a alegria, o contentamento e a satisfação.

Percebo que o grande desafio está em suportar estes estados sem correr deles. Repare que quando estamos com medo, normalmente reagimos para nos proteger deste medo. Mas o primeiro ponto para uma ação consciente seria suportar este medo e agir com mais consciência a partir deste lugar. E uma grande dica para isso é lembrarmos que somos o "observador", ou seja, aquele que observa o medo, e não o medo em si.

+ Perceba o medo mascarado na sua vida

Essa consciência, esta presença, nos ajuda a relaxar, compreendendo que, fora o observador, tudo é transitório. Esse medo vai passar, assim como o contentamento também passa.

O segredo para uma ação consciente está na neutralidade, que é o que possibilita a conexão com o que de mais sincero e essencial existe dentro de cada um de nós. Esta neutralidade está em parar de reagir ao "bom" ou ao "ruim" e compreender que tudo faz parte de uma mesma moeda. E que a ação consciente é a ação pura, que não está carregada de pré-conceitos e julgamentos em cima do que é bom ou ruim.

+ Vídeo: como vencer seus medos?

3ª - Prática Física:

Como sou praticante de artes marciais desde criança, sempre estive muito conectado com o meu corpo. E posso afirmar que movimentar o corpo com presença é uma excelente forma de trabalhar a atenção plena. Mesmo que seja em uma simples caminhada no parque, ande com presença, procurando observar tudo o que se passa ao seu redor, mas sem se identificar com essa transitoriedade.

+ Entenda o que é Mindfulness e pratique a atenção plena

+ Mindfulness para atividades do dia a dia

Quando movimentamos o nosso corpo, circulamos a energia nele. Com isso, conteúdos emergem de nosso inconsciente para o campo da consciência. Por este motivo é muito interessante nos movimentarmos com essa atenção plena, pois, às vezes, uma simples caminhada pode trazer um insight incrível sobre a sua vida. "Plin!". Essa compreensão pode transformar a sua vida, mas é importante caminhar sem expectativas. Simplesmente fique presente, observando.

+ Qual é o seu nível de atenção plena?

Agindo com consciência

Conforme treinamos o foco, o autoconhecimento e movimentamos a nossa energia vital com presença, nós vamos amadurecendo para suportar os estados emocionais. Assim, começamos a agir com mais clareza e autorresponsabilidade. Com isso, vamos criando uma realidade muito mais pacífica e harmônica para nós e para o universo que estamos inseridos.

Confira também:

+ Previsões numerológicas para o amor em setembro de 2017

+ Já pensou em receber matérias e dicas sobre autoconhecimento, bem estar, alimentação e muito mais? Saiba mais.

+ Arcano do mês: A Justiça

+ Sexualidade na astrologia: um portal para a espiritualidade


Siga o MSN no Facebook

Mais de Personare

image beaconimage beaconimage beacon