Você está usando um navegador antigo. Por favor, utilize versão suportada para ter acesso às melhores funções do MSN.

Rosa é o novo preto? A cor é hit (de novo!) no red carpet do Festival de Cannes

Logotipo do(a) Purepeople Purepeople 22/05/2019 Deborah Couto

Foi no ano passado que constatamos por aqui que o rosa seria a cor do momento quando o assunto é vestidos de festa para o tapete vermelho. A onda rosa dominou as passarelas da alta-costura, da roupa ao cabelo, e então começou a aparecer nos looks das famosas em festivais de cinema e premiações pelo mundo afora. Lá em 2017, aquele rosinha pálido, chamado Millenial Pink, foi eleito cor do ano pela Pantone. No ano seguinte, no entanto, as passarelas foram sendo dominadas por nuances mais vibrantes de rosa. A cor remete à feminilidade e poder, e costuma agradar a quem não tem medo de chamar a atenção.

BRASILEIRAS DE ROSA NO TAPETE VERMELHO

Pois no Festival de Cannes de 2019, que vai até o próximo sábado (25) a cor já pode ser considerada queridinha entre modelos, atrizes e digital influencers. O festival já contou com beldades nacionais no tapete vermelho, como Isis Valverde, Marina Ruy Barbosa e Alessandra Ambrosio. Entre as brasileiras a cor foi queridinha das digital influencers Silvia Braz, que apostou em um modelo volumoso feito em tule da grife Carolina Herrera. Helena Bordon também escolheu uma vibe parecida: um modelo assimétrico em tule da marca italiana Alberta Ferretti. Já Thassia Naves escolheu um visual em degradê de rosa para roxo da grife britânica Ralph and Russo. A poderosa Camila Coelho escolheu um tom mais suave de rosa, bem clarinho. A blogueira apostou num look tomara que caia em tule transparente todo bordado de Georges Hobeika.

HIT ENTRE AS CELEBRIDADES MAIS ANTENADAS

Entre as atrizes a cor também foi favorita para quem está mais ligada a moda. Fashionista veterana, a atriz Chloé Sevigny apostou num visual cool toda vida com vestido rosa de um ombro só da Miu Miu. A peça ostenta um enorme laço preto em um dos ombros. Mais jovem, mas igualmente antenada, Elle Fanning escolheu um modelo deslumbrante de Vivienne Westwood para a festa da Vanity Fair em Cannes. O look, digno de uma princesa, conta com saia rodada e corset e fez um constraste incrível com sua pele bem branquinha.

NÃO É TÃO DIFÍCIL DE USAR

Símbolo de feminilidade, o tom não é dos mais simples de usar. Enquanto o rosa millenial transmite a mensagem de delicadeza extrema, o rosa-choque traz um ar de "perua" ao look, que torna-se mais chamativo. Mas há truques para que nada disso aconteça. Quando usado em peças de pegada mais masculina, como a jaqueta bomber ou terno, por exemplo, o rosinha claro perde seu aspecto "fofinho", deixando apenas um toque de feminilidade a produção. Já o pink pode ser aplicado a looks com ar mais adulto e com apelo fashion, pois assim perde aquele caráter de "Barbie" que o tom já carrega com ele.

(Por Deborah Couto)

Mais de Purepeople

image beaconimage beaconimage beacon