Você está usando um navegador antigo. Por favor, utilize versão suportada para ter acesso às melhores funções do MSN.

Como curar a solidão: 6 dicas para você não se sentir mais sozinha

Logotipo do(a) Superela Superela 13/03/2018 Marcela De Mingo
como curar a solidão © Reprodução como curar a solidão

Apesar de um mundo cada vez mais conectado, as pessoas continuam se sentindo sozinhas – se não mais do que antes. E se tem uma coisa que praticamente todo mundo está procurando é uma forma de como curar a solidão. Mas é possível fazer isso, sendo que as pessoas parecem cada vez mais distantes umas das outras?

Vale a pena a gente lembrar que existe uma diferença entre solidão e ser uma pessoa que gosta de ficar sozinha. Na verdade, algum tempo sozinha é importante para todo mundo – aliás, é até recomendado, como um exercício de autoconhecimento. Solidão é muito mais relacionado com uma sensação de isolamento, você se sente excluído, e há um buraco entre entre a quantidade de contato social e intimidade que você tem na sua vida, e o quanto você quer.

“A solidão pode ser analisada por meio da dor e do sofrimento oriundo de alguma perda, bem como pela capacidade de estar só na ausência do outro. Do ponto de vista sociológico, a solidão pode ser vista como um subproduto da construção social do indivíduo. Nesse caso, podemos nos referir a isolamento, na medida em que o homem afirma sua individualidade e isolamento do outro. Esse isolamento pode tornar-se insuportável e gerar a tentativa de relação interpessoal”, explica a psicóloga clínica Priscila Azevedo Andrade.

Aliás, o contrário de solidão não é popularidade – afinal, você pode estar cercada de pessoas, ter muitos amigos, e ainda assim se sentir solitário. Nesse caso, ficar cercada de pessoas o tempo inteiro não é o segredo para curar a solidão.

Assim como a depressão, essa sensação tem um efeito no seu corpo – pode levar a problemas cardíacos, pressão alta, distúrbios do sono e até morte prematura.  Por isso, é algo que precisa ser levado a sério também, porque pode colaborar para um quadro depressivo ou de ansiedade crônica.

O que fazer, então, para curar a solidão?

1.Tente não se isolar

Dar o primeiro passo para conversar com alguém pode ser assustador. Mas esse é um ciclo difícil de quebrar, se você não o interrompe a tempo: quanto mais você se isola, mais difícil fica de conversar e se abrir para as pessoas. Por mais que pareça o mais adequado ficar em casa assistindo Netflix a noite inteira, todos os dias, faça o esforço de convidar as pessoas para sair e fazer coisas diferentes. Para isso, você vai precisar treinar não dar atenção para aquela vozinha que fala mal de você mesma na sua cabeça.

2.‘Conhece-te a ti mesmo’

Segundo Priscila, você também pode aproveitar o momento de solidão para se observar – e escrever sobre o que você está sentindo e pensando pode ser uma ótima ideia. Seja com papel e caneta, ou usando de alguma ferramenta digital, tire os seus pensamentos da sua cabeça e coloque-os em outro lugar. Extravase o que você pensa e sente e perceba como isso vai ajudar você a aliviar a sensação e mostrar muito sobre o que você acha de si própria.

3.Faça uma análise imparcial

Ao invés de receber as críticas que os outros fazem a você como uma ofensa, pare e analise cada uma delas com cuidado e imparcialidade. Será que elas são verdade, mesmo? E, se são, será que isso pode ser mudado? “Em outro momento pense sobre as críticas que os outros fazem de você e avalie com imparcialidade ( leve em conta que se duas ou mais pessoas falam a mesma coisa sobre você é possível que estejam certas). Isso o levará a uma reflexão sobre seus comportamentos e uma oportunidade de mudança”, diz a psicóloga.

4.Tenha interesse pelo outro

Assim como falamos ali em cima que é importante você tentar não se isolar, também vale a pena você usar essas oportunidades para se interessar pelos outros e se abrir para um relacionamento real, o que é extremamente curativo. “Todos temos uma natureza amorosa, compassiva, e isso nos leva a querer compartilhar dores e alegrias, e a encontrar resiliência e força. Abra-se para o outro!”, finaliza Priscila.

5.Encontre um hobby

Passar os dias em casa, sozinha, sem fazer nada, dificilmente ajuda com a sua sensação de solidão. Busque um hobby e ocupe o seu tempo com pessoas e atividades que te estimulam de uma forma positiva. Por exemplo, se você quer aprender a fazer crochê, pode buscar um curso e conhecer outras pessoas que também têm esse interesse – e vocês podem criar um laço por meio desse ponto em comum.

6.Mande uma mensagem

Ao invés de fazer uma postagem no Facebook ou no Twitter sobre a forma como você se sente, experimente mandar uma mensagem para um amigo, alguém que você confia. Melhor do que gritar para o vazio que você não está bem é falar diretamente com alguém que pode sentir a mesma coisa que você.

Lembre-se que, por mais que pareça assim, você não está sozinha, e é possível mudar essa sensação para uma de felicidade plena. Porém, para isso acontecer você precisa mudar o que pensa e se interessar pelo outro – acredite que, por mais importante que seja olhar para você mesma e entender quais são as suas travas, olhar para fora e se interessar pelas outras pessoas é o modo mais efetivo de curar a solidão.

Foto de capa: Reprodução

Você conseguiu curar a solidão ou tem dicas para lidar com essa sensação? Que tal ajudar a nossa leitora respondendo a pergunta abaixo? Você também pode clicar aqui para participar da discussão.

O texto Como curar a solidão: 6 dicas para você não se sentir mais sozinha foi publicado originalmente em Superela.


Siga o MSN no Facebook

Mais de Superela

image beaconimage beaconimage beacon