Você está usando um navegador antigo. Por favor, utilize versão suportada para ter acesso às melhores funções do MSN.

Após ser aprovada no Senado, Raquel Dodge é recebida por Temer

Logotipo do(a) Estadão Estadão 13/07/2017 Carla Araújo

Dodge: O nome da subprocuradora, Raquel Dodge foi aprovado, no plenário do Senado nesta quarta-feira, 12 © Dida Sampaio/Estadão O nome da subprocuradora, Raquel Dodge foi aprovado, no plenário do Senado nesta quarta-feira, 12

BRASÍLIA - O presidente Michel Temer recebeu na noite desta quarta-feira, 12, no Palácio do Planalto a subprocuradora da República, Raquel Dodge, que teve sua indicação ao comando da Procuradoria-Geral da República aprovada horas antes pelo Senado por 74 votos a favor e um contrário.

De acordo com agenda atualizada há pouco pelo Planalto, o encontro, que aconteceu às 20h30, teve a presença do ministro da Justiça e Segurança Pública, Torquato Jardim. Dogde vai substituir o atual procurador-geral, Rodrigo Janot, cujo mandato termina em 17 de setembro.

Até às 22h45, Temer ainda estava no Palácio do Planalto e seguia com a maratona de reuniões. De acordo com agenda atualizada pela assessoria há pouco, Temer recebeu também às 18h30 o deputado Victor Mendes (PSD-MA) e o prefeito do município de Chapadinha, Maranhão, Magno Bacelar.

Na sequência, teve reunião com os deputados Jorge Tadeu Mudalen (DEM-SP), Marcos Soares (DEM-SP) e Pastor Luciano Braga (PRB-BA). Depois, às 19h20, Temer teve audiência com o deputado Félix Mendonça (PDT-BA) e, logo depois, com o deputado Heráclito Fortes (PSB-PI).

Um pouco antes da agenda com Raquel Dogde e Torquato, Temer teve ainda reunião com Márcio Novaes, Presidente da Associação Brasileira de Rádio e Televisão.

Já depois da reunião com a nova PGR e o titular da Justiça, Temer recebeu às 21 horas o general de Exército Sergio Etchegoyen, ministro-chefe do Gabinete de Segurança Institucional.

Na agenda registrada pelo Planalto até consta ainda reunião às 21h20 com Maurício Quintella, ministro dos Transportes, Portos e Aviação Civil, e com o deputado José Rocha (PR-BA). Outros dois encontros também aparecem na agenda com o deputado Benjamin Maranhão (SD-PB) e Aníbal Gomes (PMDB-CE). (Carla Araújo)


Leia também no MSN Brasil:
MPF vai recorrer por pena maior a Lula
Quórum alto para votar denúncia preocupa governo
MPT quer ações coletivas contra Uber e similares

Fique por dentro de tudo o que acontece com o App MSN Notícias
Faça o download para Windows, Windows Phone, Android e iOS.

Mais de Estadão

image beaconimage beaconimage beacon