Você está usando um navegador antigo. Por favor, utilize versão suportada para ter acesso às melhores funções do MSN.

As belas (e assustadoras) cores de uma tempestade

Logotipo do(a) Revista Planeta Revista Planeta 18/04/2020
© Tempestade sobre a Baviera: um incomum violeta no céu. Crédito: ESO/P. Horálek

Entre 18 e 20 de julho de 2017, o oeste da Alemanha sofreu uma série de tempestades intensas. Trovões e relâmpagos deram origem a um número considerável de incêndios e elevaram o nível das águas em cerca de 1,5 metro, inundando ruas e porões em toda a região.

Apesar de destrutivas, essas tempestades nos trazem a sua própria beleza. Em Garching bei München, local onde se encontra a sede do Observatório Europeu do Sul (ESO), o Embaixador Fotográfico do ESO Petr Horálek capturou a bela fotografia da tempestade sobre a estrada que liga Munique a Berlim reproduzida acima.

Curiosamente, o céu ao redor da tempestade encontra-se “pintado” de violeta. Cores do céu exóticas, tais como vermelho, verde, laranja ou violeta, indicam normalmente a presença de partículas carregadas na atmosfera, frequentemente causadas por sistemas meteorológicos ou formações de nuvens. A cor do céu também está relacionada com a temperatura dos relâmpagos, a distância a que se encontram de nós, o modo como a luz é distorcida antes de chegar aos nossos olhos e a hora do dia, uma vez que o ângulo dos raios solares que entram e refratam através das nuvens cria diferentes cores na atmosfera.

LEIA TAMBÉM: Como o calorão na Antártida e as tempestades no Sudeste estão ligados

Uma vez que a maioria das tempestades ocorre ao final da tarde, como esta, vemos frequentemente cores vívidas aparecendo no seio das nuvens turbulentas. Violeta é a cor que se observa mais vezes e indica que a tempestade que se prepara trará muito provavelmente chuva!

Mais de Revista Planeta

image beaconimage beaconimage beacon