Você está usando um navegador antigo. Por favor, utilize versão suportada para ter acesso às melhores funções do MSN.

Bolsonaro corta verbas de pesquisas, combate a incêndios florestais, indígenas e hospitais

Logotipo do(a) IstoÉ IstoÉ 25/01/2022 Da Redação
Marcos Corrêa/PR © Marcos Corrêa/PR Marcos Corrêa/PR

Os vetos do presidente Jair Bolsonaro (PL) ao Orçamento de 2022 atingiram verbas de pesquisa em saúde, combate a incêndios florestais, manutenções de hospitais universitários e demarcação de terras indígenas. As informações são da Folha.

Bolsonaro cortou R$ 3,18 bilhões em despesas, em uma medida que recaiu sobre áreas que já recebem menos atenção do governo.

Ainda de acordo com a Folha, ainda que o governo possa abrir créditos extraordinários para bancar despesas extras com saúde em caso de recrudescimento da pandemia, houve um corte de R$ 12,7 milhões na verba de pesquisa e ensino da Fiocruz (Fundação Oswaldo Cruz), órgão que teve papel importante no desenvolvimento de vacinas contra a Covid-19.

Foram cortados R$ 43 milhões da Embrapa (Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária), R$ 72 milhões no Ministério da Ciência e Tecnologia, R$ 17,2 do Ibama, entre outros, como a demarcação de terras e proteção dos povos indígenas, que perdeu R$ 1,6 milhão, e R$ 162,7 milhões para o Incra (Instituto Nacional do Índio).

Mais de IstoÉ

image beaconimage beaconimage beacon