Você está usando um navegador antigo. Por favor, utilize versão suportada para ter acesso às melhores funções do MSN.

Homem com faca expulsa passageiro sem máscara de ônibus em BH

Logotipo do(a) EM.com.br EM.com.br 30/06/2020 Estado de Minas
No detalhe, homem segura faca que usou para ameaçar passageiro © Reprodução da internet/WhatsApp No detalhe, homem segura faca que usou para ameaçar passageiro

Um caso de ameaça assustou passageiros de um ônibus da linha 4802A (Pindorama/Boa Vista) na manhã desta terça-feira em Belo Horizonte. Armado com uma faca, um homem ameaçou outro que estava sem máscara dentro do coletivo.

Um dos passageiros gravou um vídeo e contou ao Estado de Minas o que ocorreu. Segundo ele, por volta das 11h, o coletivo passava pela Avenida Pedro II, na altura do Bairro Padre Eustáquio, Região Noroeste da capital, quando o episódio ocorreu.

Ambos os passageiros estavam na parte da frente do coletivo, perto do motorista e dos assentos prioritários. De acordo com a testemunha, a máscara se soltou do rosto do homem de blusa vermelha que aparece no vídeo. Ao ver a situação, o homem de boné branco e máscara do Flamengo manda ele colocar novamente o acessório, que é usado para evitar o contágio pelo novo coronavírus, mas ele se recusa. 

Segundo o passageiro que gravou a confusão, diante da recusa, o homem ameaçou o outro com uma faca. Ele mandou o motorista parar para que o passageiro sem máscara desembarcasse. Quando o homem está descendo, ele é chutado pelo agressor. Conforme essa testemunha, ele só desembarcou porque foi ameaçado. 

Em nota, o Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros de Belo Horizonte (SetraBH) lamentou o ocorrido e informou que atua em parceria com as forças de Segurança Pública para coibir qualquer ato de violência e que "todas as ações criminosas ocorridas no interior dos veículos e nas estações, são encaminhadas às autoridades policiais para a identificação dos responsáveis."

A entidade também disponibiliza aos passageiros do transporte coletivo de Belo Horizonte o Serviço de Atendimento ao Consumidor (SAC). Para fazer denúncias, as pessoas podem entrar em contato pelo telefone (31) 3248-7300, ou pelo site: www.transfacil.com.br informando número da linha e do ônibus, horário e local da ocorrência.

O Estado de Minas entrou em contato com a Polícia Militar sobre o caso, mas até as 12h15 não havia registro dessa ocorrência. A reportagem também acionou o Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários de Belo Horizonte (STTR-BH) e aguarda resposta.

Mais de EM.com.br

image beaconimage beaconimage beacon