Você está usando um navegador antigo. Por favor, utilize versão suportada para ter acesso às melhores funções do MSN.

Mendonça suspende políticas estaduais sobre o ICMS do diesel

Logotipo do(a) RedeTV! RedeTV! 14/05/2022 RedeTV!

Ministro atendeu ao pedido feito por Bolsonaro

Foto: Agência Brasil © Fornecido por RedeTV! Foto: Agência Brasil

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), André Mendonça, atendeu ao pedido do governo federal e derrubou nesta sexta-feira (13), a decisão do Conselho Nacional de Política Fazendária (Confaz) que trata da cobrança do Imposto sobre a Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) sobre o diesel. 

A Advocacia-Geral da União (AGU) questionou o STF sobre o desrespeito à lei que fixa alíquota única para os estados, com cobrança apenas na produção, prejudicando o consumidor com aumentos excessivos do combustível. 

"Defiro a medida cautelar pleiteada, ad referendum do Plenário desta Suprema Corte, para suspender a eficácia das cláusulas quarta e quinta, bem como do Anexo II, do Convênio ICMS nº 16/2022, do Confaz", decidiu o ministro. 

Na decisão, em caráter liminar, o ministro pediu a manifestação da Câmara dos Deputados, do Senado e da Procurador-Geral da República (PGR) para decidir a questão definitivamente, no plenário da Corte. 

Na decisão, Mendonça disse que a análise preliminar do caso revela que as regras definidas pelo Confaz são inconstitucionais. 

“Não se admitirá mais 27 alíquotas diferentes de ICMS, o que representa uma uniformidade e redução do valor do combustível e menor flutuação dos preços”, destacou Mendonça. 

Veja também!

>>>STF reconhece licença de 180 dias para servidor federal pai solo

>>>Anvisa autoriza serviço de bordo e mantém uso de máscaras em voos

>>>Coreia do Norte anuncia primeira morte por Covid-19

Assista aos vídeos e inscreva-se no canal da RedeTV! no YouTube

Mais de RedeTV!

image beaconimage beaconimage beacon