Você está usando um navegador antigo. Por favor, utilize versão suportada para ter acesso às melhores funções do MSN.

Supermercados já enfrentam falta de alimentos por greve de caminhoneiros

Logotipo do(a) InfoMoney InfoMoney 24/05/2018 InfoMoney
InfoMoney (Shutterstock) © Shutterstock InfoMoney

SÃO PAULO - A greve de caminhoneiros contra o aumento do preço do diesel já começa a impactar o abastecimento de supermercados e hipermercados do país, segundo informações da Abras (Associação Brasileira de Supermercados).

 "Mesmo com o esforço do setor de supermercados para garantir o perfeito abastecimento da população brasileira, identificamos que alguns estados já começaram a sofrer com o desabastecimento de alimentos, e que isso poderá se estender para todo o Brasil nos próximos dias, se algo não for feito", informa a entidade em nota. 

A Abras afirma ainda que "está buscando sensibilizar o governo federal para que uma solução seja tomada imediatamente. Evitando, assim, que a população sofra com a falta de produtos de necessidades básicas e com uma eventual elevação nos preços".

A ABPA (Associação Brasileira de Proteína Animal) também alerta para a possibilidade de falta de carne nas gôndolas. Os bloqueios estão impedindo o transporte de aves e suínos vivos, ração e cargas refrigeradas destinadas ao abastecimento das gôndolas no Brasil ou para exportações.

"A continuar este quadro, há risco de falta de produtos para o consumidor brasileiro. Animais poderão morrer no campo com a falta de insumos. Já temos relatos de unidades produtoras com turnos de abate suspenso. Contratos de exportação poderão ser perdidos e há um forte aumento de custos logísticos com reprogramação de embarque de cargas", informa a entidade.


Siga o MSN no Facebook

Mais de InfoMoney

image beaconimage beaconimage beacon