Você está usando um navegador antigo. Por favor, utilize versão suportada para ter acesso às melhores funções do MSN.

Principais notícias

Veja o resumo das principais notícias de hoje

1 dia atrás

A cantora Ariana Grande vai voltar a Manchester após atentado © Foto: Dave Kotinsky/Getty Images A cantora Ariana Grande vai voltar a Manchester após atentado
Ariana Grande voltará a Manchester

A cantora Ariana Grande anunciou nesta sexta-feira que voltará a Manchester para fazer um show beneficente em prol das vítimas de um ataque que matou 22 pessoas em seu show na Inglaterra, na última segunda-feira, 22. Ariana desabafou nas redes e ofereceu sua ajuda aos afetados pela tragédia e disse que, nesse momento, quer disseminar o amor e não vai parar de fazer shows. (Via Capricho)

Presidente do BNDES pede demissão

A presidente do BNDES, Maria Silvia Bastos Marques, pediu demissão do banco de fomento nesta sexta-feira, 26. Maria Silvia alegou motivos pessoais para deixar o cargo. Em comunicado, ela diz que deixa o posto "com orgulho de ter feito parte da história da instituição". A executiva assumiu o cargo em junho do ano passado e era alvo de fogo amigo no governo. Para ocupar o posto, Temer escolheu Paulo Rabello de Castro, presidente do IBGE. (Via Estadão)

Apreensão na casa de Aécio Neves

A Polícia Federal diz ter encontrado "diversos comprovantes de depósitos e anotações manuscritas, dentre elas a inscrição 'CX 2" no gabinete e nas residências do senador afastado Aécio Neves (PSDB-DF) durante a Operação Patmos, deflagrada no último dia 18. As informações fazem parte de um relatório sobre o material apreendido. A lista completa de materiais inclui telefones celulares, obras de arte, documentos e anotações sobre a Construtora Norberto Odebrecht e Joesley Batista. (Via Estadão)

Cracolândia

A 7º. Vara da Fazenda Pública deferiu o pedido da Prefeitura de São Paulo para que os usuários de drogas da Cracolândia sejam internados compulsoriamente. O despacho dá à gestão Doria a prerrogativa de fazer buscas e apreensões de pessoas acima de 18 anos que vagam pela região da Luz, alvo de uma operação desde a o último fim de semana. (Via Veja São Paulo)

Janot quer ouvir Temer

O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, pediu autorização ao ministro Edson Fachin, do STF, para tomar o quanto antes o depoimento do presidente Michel Temer (PMDB), do senador afastado Aécio Neves (PSDB-MG) e do deputado federal Rodrigo Rocha Loures (PMDB-PR) no inquérito aberto contra os três a partir da delação da JBS. Janot também afirmou que Temer fez uma "confissão espontânea" durante os pronunciamentos públicos realizados após o escândalo vir à tona. (Via Estadão)

Moody's rebaixa Brasil

A agência de classificação de risco Moody's alterou nesta sexta-feira a perspectiva de rating do Brasil de estável para negativa, mantendo a nota em Ba2. Em comunicado, a agência citou dois fatores para tomar a decisão. Entenda. (Via InfoMoney)

MPF vai recorrer contra decisão a favor de Cláudia Cruz

O procurador da República Carlos Fernando dos Santos Lima, da força-tarefa da operação Lava Jato, criticou a decisão do juiz Sergio Moro de absolver a jornalista Cláudia Cruz, mulher do ex-deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ). Na avaliação do procurador, Moro teve “coração bom” ao absolvê-la, mas se equivocou na tese de que Cláudia não tinha conhecimento da origem ilícita dos recursos que mantinha no exterior. (Via Veja.com)

Mais uma fase da Lava Jato

A Operação Poço Seco, 41ª fase da Lava Jato, foi deflagrada nesta sexta-feira baseada em dois mandados de prisão, um preventivo contra o ex-gerente da Petrobras Pedro Xavier Bastos e outro temporário contra o banqueiro José Augusto Ferreira dos Santos. Eles são acusados de participar de um esquema relativo à compra pela Petrobras dos direitos de exploração de 50% de um campo de petróleo em Benin, na África, pela qual teriam recebido US$ 5,5 milhões, o equivalente a cerca de R$ 18 milhões. (Via Veja.com)

MPF de olho em Ricardo Teixeira

As investigações das negociações que Ricardo Teixeira fez durante seu período à frente da CBF não ficarão restritas ao exterior. De acordo com informações do "Globo Esporte.com", o Ministério Público Federal (MPF) solicitará todos os documentos e provas nos quais o ex-dirigente foi citado durante a investigação sobre Sandro Rosell. (Via Lance!)

VEJA TAMBÉM:

Confira a previsão do tempo para amanhã sua cidade

Saiba como fechou o dólar hoje e acompanhe a cotação de outras moedas

Veja o resumo das novelas da Globo, Band, SBT e Record


image beaconimage beaconimage beacon