Você está usando um navegador antigo. Por favor, utilize versão suportada para ter acesso às melhores funções do MSN.

[Review] O novo iPad Pro é incrível, mas não vale o upgrade

Logotipo do(a) Gizmodo Gizmodo 19/06/2017 Alex Cranz

© Reprodução

O iPad tem um problema que todos nós deveríamos ter: ele é bom demais. A autonomia de bateria é ótima, a tela é bonita, os aplicativos funcionam bem e o negócio é poderoso o suficiente para durar anos de uso. Isso é maravilhoso para todos os consumidores, mas não é algo tão bom assim para a Apple ou qualquer outra empresa que fabrique tablets.

Eles querem que tenhamos o mesmo ciclo de renovação anual que temos com nossos celulares. Um conceito que, como a consultoria IDC notou em fevereiro quanto publicou o relatório apontando uma grande queda nas vendas de tablets, os consumidores rejeitaram amplamente. Esse é o motivo pelo qual a Apple tenta todos os anos desenvolver alguma funcionalidade legal no iPad para nos seduzir e abandonar nossos tablets antigos, mas ainda perfeitamente bons. A menos que você seja um ilustrador, o iPad Pro desse ano não chamará tanta atenção.

• Surface Pro é o melhor Surface já feito pela Microsoft, mas ainda não é um laptop

Em 2015, a empresa tentou esquentar o interesse em um upgrade com o iPad Pro grandão de 12,9 polegadas que estreou o Smart Connector, um conector magnético perfeito para ligar um teclado. Em 2016, eles trouxeram o Smart Connector para o iPad Pro de 9,7 polegadas. Pessoalmente, essa mudança fez o iPad Pro valer a pena para mim, e eu uso o meu diariamente, para tudo: desde checar meus emails e feeds RSS de manhã antes do trabalho, até para ler quadrinhos e assistir filmes enquanto estou no trânsito.

© Fornecido por F451 Midi Ltda. O novo iPad Pro de 10,5 polegadas não é muito maior do que a versão de 9,7 polegadas


O novo iPad Pro de 10,5 polegadas, que provavelmente deve substituir o meu outro iPad de 9,7 polegadas, pode fazer todas essas coisas também. Sem contar que me dá quase uma polegada a mais mesmo sendo apenas 0,18 polegadas mais largo e 0,47 polegadas mais alto. A pequena diferença no tamanho, consequentemente, me dá um teclado mais abrangente. Ele não tem ainda o tamanho convencional que estamos acostumados nos computadores, mas passa a sensação de incrivelmente espaçoso depois de um ano inteiro utilizando um teclado pequenininho.

Quando a Apple tornou o iPad mais largo, ela também fez um upgrade em suas entranhas. Na última WWDC, a companhia falou bastante sobre o novo processador A10X que está mais rápido e a GPU de 12 núcleos que acompanha. Tudo isso soa bem impressionante até você lembrar que os aplicativos não costumam travar em um iPad. A maioria dos aplicativos são desenvolvidos para oferecer uma experiência similar em toda a linha de tablets da companhia, e isso acaba fazendo com que não aproveitem todo esse poder. E mesmo que eles façam, você não deve perceber nem tão cedo.

© Fornecido por F451 Midi Ltda. O novo teclado é ligeiramente menos estreito


A maior funcionalidade desse novo iPad, e a única que pode ser percebida, além do seu tamanho, é o display. A taxa de atualização está em absurdos 120Hz. Isso significa que a tela atualiza 120 vezes por segundo. Isso é inútil para os games do iOS, que são todos limitados a 30 ou 60 quadros por segundo, e não irá te beneficiar durante o streaming de vídeo, já que a maioria dos serviços reproduzem o conteúdo em 30 ou 60 quadros pro segundo também. Você só percebe essa diferença quando está desenhando.

© Fornecido por F451 Midi Ltda.

Veja, alguns produtos melhoraram muito para a produção artística durante os últimos anos, como o iPad e o Surface, mas eles ainda não conseguem entregar aquela sensação instantânea do papel que você sente ao desenhar. É um tipo diferente de fricção, e existe sempre uma sensação de atraso a cada traço que você faz em um tablet. Uma tela que atualiza duas vezes mais rápido do que qualquer outro tablet do mercado consegue ter uma vantagem absurda. Realmente parece mais rápido desenhar, se comparado com meu iPad de 9,7 polegadas. Se eu usasse minha Apple Pencil para algo além de pintar livros para colorir, eu sentiria que a nova geração seria necessária. Mas eu não sou uma artista, e se você também não for, comprar o novo iPad não é a melhor coisa a se fazer.

A Apple se colocou em uma situação invejável. Ela fez o melhor o melhor tablet para você gastar uma grana pesada, e cada nova atualização dos últimos anos foram só refinamentos. No ano passado, a Apple refinou a experiência de digitar. Esse ano, refinou a experiência de desenhar. Talvez no ano que vem, eles lancem um iPad que exija uma troca de gerações. Por enquanto, a menos que você seja um ilustrador, ou ainda não tenha um iPad, guarde seu dinheiro. Por mais que o iPad Pro de 10,5 polegadas seja ótimo, ele não vale a pena o upgrade.

Resumo

• A autonomia de bateria e performance continua ótima.
• Corpo ligeiramente maior do que o iPad de 9,7 polegadas, com com quase uma polegada a mais.
• A taxa de atualização de tela de 120Hz torna esse iPad ótimo para desenhar. Se • você é um artista, vale a pena considerar a compra.
• O teclado ficou um pouco maior, mas ainda não tem o tamanho convencional.


Mais de Gizmodo

image beaconimage beaconimage beacon