Você está usando um navegador antigo. Por favor, utilize versão suportada para ter acesso às melhores funções do MSN.

Principais notícias

SpaceX vai mandar pela primeira vez um cliente para uma viagem até a Lua

Logotipo do(a) Gizmodo Gizmodo 14/09/2018 Leo Escudeiro
© Reprodução
A SpaceX, empresa do bilionário e ultimamente controverso Elon Musk, anunciou na noite desta quinta-feira (13), no Twitter, que assinou contrato com seu primeiro cliente privado para levá-lo à Lua. Mais especificamente, para voar ao redor do satélite natural no novo foguete BFR.

A companhia aeroespacial vai revelar o nome do passageiro na próxima segunda-feira (17), às 22h no horário de Brasília, por meio de uma transmissão no YouTube. Você pode clicar aqui e definir um lembrete para acompanhar o anúncio.

• NASA anuncia astronautas que farão o primeiro voo privado à Estação Espacial Internacional

No ano passado, Elon Musk havia dito que dois humanos fariam a viagem até a Lua em 2018, mas agora devemos ter um atraso no cronograma, de forma que, como aponta o Engadget, a jornada aconteça a bordo do novo BFR, e não do atual foguete Falcon Heavy.

O BFR é o foguete que você na imagem que abre este post, uma renderização do novo veículo, segundo Elon Musk. A SpaceX espera que ele possibilite viagens ao redor do mundo, até a Lua e até mesmo a Marte. O foguete é composto, em sua maioria, por partes reutilizáveis.

O design do BFR foi apresentado pela primeira vez em setembro do ano passado, e a imagem desta quinta-feira traz algumas alterações, como barbatanas maiores na cauda e sete motores na base, em comparação com os seis da versão anterior.

Ninguém vai à Lua desde o fim das missões Apollo, nos anos 1970. Agora, a SpaceX quer puxar a fila. Quanto a foguetes, o BFR deve ao longo do tempo substituir os outros modelos da empresa, como o Falcon 9 e o Falcon Heavy.


Mais de Gizmodo

image beaconimage beaconimage beacon