Você está usando um navegador antigo. Por favor, utilize versão suportada para ter acesso às melhores funções do MSN.

NASA encontra destroços de nave indiana que se chocou contra a Lua

Logotipo do(a) Canaltech Canaltech 4 dias atrás Patrícia Gnipper
local de impacto da nave vikram na lua © NASA local de impacto da nave vikram na lua

Em setembro, a NASA anunciou que sua sonda lunar Lunar Reconnaissance Orbiter (LRO) seria usada para investigar o que teria acontecido com o módulo de pouso Vikram, que tentou fazer uma alunissagem no início daquele mês mas perdeu o contato com os controladores terrestres durante a descida. Nada havia sido localizado até então, e somente agora, depois de a Índia confirmar que a nave realmente se chocou contra a superfície lunar, a agência espacial dos EUA conseguiu encontrar destroços da nave indiana na Lua.

Em anúncio divulgado nesta segunda-feira (2), a NASA mostrou imagens do local de pouso da nave indiana, onde localizou os destroços. As imagens foram registradas durante um sobrevoo da LRO no dia 11 de novembro, quando a equipe da missão pôde dar uma olhada mais atenta ao local do acidente.

A imagem mostra o principal local de impacto. Os pontos verdes indicam restos da nave que ou já confirmados ou ainda estão em processo de confirmação, enquanto os pontos azuis mostram onde o solo foi impactado pela colisão

(Foto: NASA) (Foto: NASA)

A NASA já havia tentado identificar os destroços da nave indiana anteriormente, mas a visibilidade daquela região específica estava prejudicada com a chegada da noite lunar, que dura cerca de duas semanas terrestres. As sombras já eram intensas o suficiente para atrapalhar a observação, e foi preciso esperar que as condições de iluminação do local ficassem favoráveis para um novo "pente fino".

A nave Vikram fez parte da missão Chandrayaan-2, da ISRO (a agência espacial indiana), e ela levava consigo um rover. A ideia era que o país se tornasse a quarta nação a pousar uma nave na Lua, e a Índia fará uma nova tentativa em novembro do ano que vem, com a Chandrayaan-3. Ainda assim, os indianos consideram a Chandrayaan-2 um sucesso, pois seu módulo orbital permanece em funcionamento ao redor da Lua e ainda deverá proporcionar estudos sobre nosso satélite natural ao longo do próximo ano.

Na animação abaixo, podemos comparar o antes e depois do local onde a nave Vikram se chocou. As mudanças visíveis do alto são sutis, é verdade, mas ainda assim dá para ver que a colisão causou algum impacto na superfície lunar:

(Imagem: NASA) (Imagem: NASA)

Fonte: NASA

Trending no Canaltech:



  • _
    ___________________

Vídeo: Jovens tentam chegar à Espanha dentro de motor (KameraOne)

A SEGUIR
A SEGUIR

Mais de Canaltech

image beaconimage beaconimage beacon