Você está usando um navegador antigo. Por favor, utilize versão suportada para ter acesso às melhores funções do MSN.

Polícia desmonta esquema que fraudou 11 vestibulares de Medicina

Logotipo do(a) Guia do Estudante Guia do Estudante 11/07/2017 Ana Lourenço
© Fornecido por Abril Comunicações S.A.

A Polícia Civil de Goiás desarticulou, na última semana, uma quadrilha responsável por fraudar 11 vestibulares de Medicina. O grupo estava sendo investigado desde setembro de 2016 – estima-se que, neste período, tenha lucrado cerca de R$ 5 milhões.

Foram cinco pessoas presas na Operação “Monge”, nomeada em homenagem a um estudante que cometeu suicídio após não conseguir a aprovação. A quadrilha cobrava de R$ 80 mil a R$ 100 mil de cada candidato, atuando em 11 estados e no Distrito Federal.

O grupo fazia o aliciamento de universitários e profissionais de disciplinas isoladas, que faziam inscrições nas universidades e realizavam as provas, repassando as respostas certas aos candidatos pagantes via ponto eletrônico ou celular.

Segundo o delegado Cleybio Januário, 110 pessoas têm participação comprovada na fraude, incluindo candidatos e seus pais. Também ficou comprovado que mais de 50 pessoas estão cursando Medicina após a fraude.


Mais de Guia do Estudante

image beaconimage beaconimage beacon