Você está usando um navegador antigo. Por favor, utilize versão suportada para ter acesso às melhores funções do MSN.

Órfã acusada de ser sociopata quebra o silêncio e revela sua real idade

Logotipo do(a) Capricho Capricho 3 dias atrás Isabella Otto

Há alguns meses, uma história que poderia muito bem ter saído de uma thread do Twitter ganhou os principais noticiários do mundo. Os norte-americanos Kristine e Michael Barnett, que adotaram a ucraniana Natalia Grace em 2010, garantem que a menina não é uma criança, mas uma adulta com mais de 30 anos que tentou matá-los.

Natalia com seus atuais pais adotivos, com quem já mora há cerca de oito anos. © Reprodução/Reprodução Natalia com seus atuais pais adotivos, com quem já mora há cerca de oito anos.

O caso se tornou ainda mais assustador quando inconstâncias nas provas começaram a dar as caras. Enquanto alguns exames médicos diziam que Natalia eram mesmo uma criança, os pais adotivos insistiam em afirmar que a certidão de nascimento da menina dizia o contrário, mesmo que essa estivesse bastante apagada e difícil de ler com precisão.

Kristine e Michael decidiram então se livrar de Natália da pior maneira possível: largando-a em um apartamento e partindo para o Canadá. Como juridicamente a menina tinha apenas 8 anos de idade quando tudo aconteceu, mesmo que o casal afirme o contrário, eles acabaram sendo detidos por abandono de menor. Foi aí que começaram as acusações sobre o comportamento da ucraniana e toda uma disputa judicial, que deve terminar em janeiro de 2020, quando o caso for a juri popular.

 

Com tanta polêmica, os Barnett acabaram concedendo uma entrevista exclusiva ao jornal Daily Mail do Reino Unido. Ambos reforçam mais uma vez que Natalia é, na realidade, uma mulher adulta que se passa por criança e que tentou assassiná-los e assassinar seus filhos, inclusive por envenenamento. Em resposta a todas essas acusações, a ucraniana finalmente veio à mídia e concedeu uma entrevista exclusiva ao famoso psicólogo americano Dr. Phill juntamente com sua nova família.

Eles [os Barnett] estão pintando você como um demônio sociopata que veio para a América matar todo mundo“, questionou o especialista e apresentador do programa. A ucraniana, em contrapartida, disse que só quer desmentir todos esses boatos a respeito de sua pessoa. “Quero que isso acabe e que eu possa ter uma vida normal de volta”, declarou.

Quando questiona sobre sua real idade, Natalia garantiu que está hoje com 16 anos da idade. Ou seja, faz oito anos que ela foi deixada pelos antigos pais e mora com sua nova família, que afirma não ter notado nada de diferente na menina nem passado por alguma situação ameaçadora. “Ela é uma garota amável e genuína”, disse o atual pai adotivo.

Natalia no momento em que o Dr. Phill disse que os Barnett a acusam de ser um “demônio sociopata”. © Reprodução/Reprodução Natalia no momento em que o Dr. Phill disse que os Barnett a acusam de ser um “demônio sociopata”.

De acordo com a menina, ela nasceu no dia 4 de setembro de 2003 e veio para os Estados Unidos com cerca de seis anos. Ela, diferentemente do que afirmam Kristine e Michael Barnett, não é uma adulta anã, mas uma garota com nanismo e escoliose aguda. Natália também contou ao Dr. Phill que, quando foi abandona, com oito anos de idade, ela ficou assustada e confusa, e viveu sozinha nessas condições por cerca de um mês e meio. Antes de a deixarem, a menina garante que os Barnett deram a seguinte instrução pra ela: “se alguém perguntar, diga que você tem 22”.

Natalia Grace chorou em alguns momentos da entrevista e disse: “eu não quero que as pessoas me vejam como o que dizem que eu sou(…) Quero que vejam quem eu sou de verdade(…) Não quero que tenham medo de me falar oi“. Os novos pais adotivos da garota afirmam que querem justiça, mas que continuam rezando pelos Barnett.

Dr. Phill ficou bastante desconfiado em determinados momentos, principalmente quando a ucraniana disse que tinha apenas oito anos quando morou e se virou sozinha, e que já passou por mais de 30 famílias, de acordo com registros de adoção. “Difícil de acreditar”, disse o médico.

Muitos tabloides estavam comparando a versão dos fatos do casal Barnett com a história do filme A Órfã, em que a personagem Esther é uma psicopata de 33 anos que se passa por uma jovenzinha de 9. Há muitas lacunas e inconstâncias no caso que fazem nossos pelinhos ficar arrepiados – e dificultam o trabalho da Justiça –, mas agora, pelo menos, nós temos as duas versões dos fatos em depoimentos filmados para analisar e fazer nosso trabalho de “xeroque rolmes”.

Abaixo, confira a entrevista dos antigos pais adotivos para o Daily Mail e uma parte da entrevista da Natalia para o Dr. Phill:

Repetir vídeo

Mais de Capricho

image beaconimage beaconimage beacon