Você está usando um navegador antigo. Por favor, utilize versão suportada para ter acesso às melhores funções do MSN.

Chelsea Manning publica primeira foto como mulher após liberdade

Logotipo do(a) VEJA.com VEJA.com 19/05/2017 Daniela Flor
Chelsea Manning © CC By-Sa Chelsea Manning

A militar americana Chelsea Manning, fonte de um dos maiores vazamentos do Wikileaks, publicou a primeira fotografia de sua aparência atual através do Instagram, após deixar a prisão na última quarta-feira. A analista de segurança do Exército cumpriu sete anos de uma sentença de 35 e passou por uma transição de gênero enquanto estava detida em centros militares.

Manning, de 29 anos, foi beneficiada por um indulto concedido pelo presidente Barack Obama há quatro meses. Em julho de 2010, Chelsea – na época um soldado conhecidocomo Bradley Manning – foi presa pela divulgação de de mais de 700.000 documentos militares e diplomáticos americanos confidenciais. Ela tinha acesso a informações sigilosas sobre a prisão de Guantánamo e sobre as guerras no Iraque e no Afeganistão.

Na prisão, Manning tentou suicídio duas vezes até que seus advogados conseguissem autorização para que iniciasse um tratamento hormonal para transitar para sua identidade feminina. O Departamento de Defesa também foi pressionado a dar apoio médico e psicológico para a transição da militar,  mas não cumpriu completamente com os pedidos. Chelsea foi obrigada a ser mantida em prisões masculinas e seguir o código de vestimenta e aparência dos homens, com o cabelo curto, que mostrou ter “estilizado” após a saída da prisão.


Mais de Veja.com

image beaconimage beaconimage beacon