Você está usando um navegador antigo. Por favor, utilize versão suportada para ter acesso às melhores funções do MSN.

Principais notícias

Meninos da Tailândia aparecem pela primeira vez depois de resgatados

Logotipo do(a) VEJA.com VEJA.com 6 dias atrás Carolina Marins
A SEGUIR
A SEGUIR

Vídeo: Famílias visitam meninos resgatados em hospital (Via AFP)

Os doze adolescentes e o adulto que foram resgatados de uma caverna na Tailândia apareceram hoje pela primeira vez em imagens gravadas dentro do hospital onde se recuperam. Todos passam bem e alguns aparecem acenando nas fotos. De acordo com informações divulgadas pelo corpo médico do estabelecimento, os meninos perderam uma média de dois quilos durante os quinze dias (dezessete para os últimos resgatados) que permaneceram presos na gruta, mas estão em boas condições gerais e não correm risco.

Os últimos cinco resgatados chegaram ontem à noite ao centro médico com sintomas de hipotermia por causa da temperatura fria das águas que tiveram de atravessar com a ajuda de dois mergulhadores.

Alguns dos jovens têm quadros leves de pneumonia, mas nenhum deles registra problemas graves, apontou em entrevista coletiva, um dos médicos encarregados por avaliar o estado do grupo, internado no hospital provincial de Chiang Rai. A grande preocupação é que eles apresentassem histoplasmose – conhecida como doença da caverna – que pode ser fatal.

O médico atribuiu a boa condição dos meninos ao técnico, Ekkapol Ake Chantawong, que forneceu seus alimentos aos garotos enquanto ele próprio passava fome. “Tenho de elogiá-lo, porque cuidou muito bem dos jogadores”, disse o médico.

Os familiares do primeiro grupo de resgatados puderam nesta terça finalmente entrar na sala onde estão os adolescentes, embora com medidas cautelares devido ao sistema imunológico ainda fraco. O segundo grupo de meninos resgatados poderá se reunir com seus parentes ao longo do dia de hoje, enquanto o terceiro permanecerá pelo menos mais um dia em isolamento.

O grupo é alimentado a base de uma dieta leve com arroz e frango, além da ingestão de vários suplementos vitamínicos. Ontem alguns dos garotos pediram para comer pão com cobertura de chocolate, informaram as autoridades.

Os garotos e o adulto, todos de bom humor, passarão pelo menos sete dias no hospital antes de receberem alta.

Os doze adolescentes, entre 11 e 16 anos, e o treinador, de 25, foram para a caverna durante um passeio após o término de um treino de futebol, quando as intensas chuvas de uma tempestade inundaram as galerias, impedindo a saída.

Fotos: a luta pela vida após mais de duas semanas na caverna

O resgate do time de futebol preso em uma caverna na Tailândia


Mais de Veja.com

image beaconimage beaconimage beacon