Você está usando um navegador antigo. Por favor, utilize versão suportada para ter acesso às melhores funções do MSN.

Funcionário brasileiro do Barcelona nega que tenha recebido comissão por venda de Neymar para o PSG

Logotipo do(a) ESPN ESPN 5 dias atrás
Neymar, antes do duelo do PSG com o Caen © Getty Neymar, antes do duelo do PSG com o Caen

As declarações de que André Cury, agente brasileiro que presta serviços ao Barcelona, tivesse recebido comissão pela venda de Neymar ao PSG não agradaram o clube catalão, que publicou um comunicado oficial nesta sexta-feira falando sobre o assunto.

“A saída do jogador brasileiro não foi fruto de uma transferência, e sim do valor pago pela sua cláusula de rescisão”, escreveu.

A informação veio do programa de rádio catalão ‘Que t’hi jugues!’, que denunciou o clube de ter repassado 6,6 milhões (cerce de R$ 32,2 mi) de euros ao empresário, equivalente a 3% dos 222 milhões (aproximadamente R$ 1 bilhão) embolsados da cláusula de rescisão.

Ainda segundo o programa, em 2012, o então presidente do clube catalão Sandro Rosell, assinou um documento que prometia pagar ao executivo uma comissão de 3% da transação de uma futura venda do craque brasileiro.

“A nossa relação com André Cury é contratual, sem exclusividade, através de sua empresa, que realiza tarefas de recrutamento para nós” esclareceu o clube, por meio da nota.

Em 2013, Cury foi peça-chave nas negociações que culminaram na complicada transferência do atacante ao Barcelona.

Desde então, o relacionamento profissional de ambas as partes tem se estendido, com o empresário sendo importante na ida de diversos jogadores sul-americanos ao clube.

“Nos últimos anos, ele colaborou com a contratação de atletas como Paulinho, Yerry Mina, Coutinho e Arthur”, finalizaram.

_______________________________

Vídeo: Jogadoras analisam o que falta ao futebol feminino no Brasil (Via ESPN)

A SEGUIR
A SEGUIR

Mais de ESPN

image beaconimage beaconimage beacon