Você está usando um navegador antigo. Por favor, utilize versão suportada para ter acesso às melhores funções do MSN.

Heleno diz que Bolsonaro vê caso Queiroz como ‘assunto do Flávio’

Logotipo do(a) Poder360 Poder360 18/01/2019 Poder360
Segundo Heleno, o presidente afirmou que o caso Fabrício Queiroz © Sérgio Lima Segundo Heleno, o presidente afirmou que o caso Fabrício Queiroz

O ministro do GSI (Gabinete de Segurança Institucional), general Augusto Heleno, disse nesta 6ª feira (18.jan.2019), que “não tem impacto”e “não é assunto de governo” a investigação de Fabrício José Carlos de Queiroz, ex-assessor do senador eleito Flávio Bolsonaro (PSL-RJ), filho mais velho do presidente Jair Bolsonaro.

“No que diz respeito ao Queiroz: para mim, não tem impacto. O presidente Bolsonaro não vê isso como um assunto de governo, é um assunto do Flávio”, escreveu em seu perfil no Instagram. 

Na 5ª feira (17.jan), o ministro Luiz Fux, do STF (Supremo Tribunal Federal), determinou a suspensão da investigação sobre Queiroz.

O vice-presidente da Corte tomou a decisão porque está em plantão desde a última 2ª feira (14.jan). Fux atendeu a pedido de Flavio Bolsonaro.

A suspensão é provisória, até que o relator do caso, ministro Marco Aurélio, decida após retornar do recesso. O STF retoma os trabalhos em 1º de fevereiro.

Queiroz era investigado por ter aparecido em 1 relatório do Coaf (Conselho de Controle de Atividades Financeiras).

O documento indicou movimentações financeiras atípicas que o ex-assessor e ex-motorista de Flávio teria feito em uma conta no banco Itaú. De janeiro de 2016 a janeiro de 2017 Queiroz movimentou R$1,2 milhão.

Eis 1 infográfico que resume o caso:

© Fornecido por Poder360 Jornalismo e Comunicação S/S LTDA.

Veja as notícias mais importantes do dia no seu celular com o app Microsoft Notícias. Disponível para iOS e Android. Baixe agora.

Mais de Poder360

image beaconimage beaconimage beacon