Você está usando um navegador antigo. Por favor, utilize versão suportada para ter acesso às melhores funções do MSN.

Sergey Brin e Larry Page deixam comando da Alphabet, dona do Google

Logotipo do(a) Estadão Estadão 2 dias atrás Agências

Sergey Brin e Larry Page, que fundaram o Google numa garagem de Palo Alto há 21 anos, estão deixando o comando da Alphabet, holding que controla a gigante de buscas. O anúncio da saída dos dois foi feito em um comunicado oficial no blog da empresa nesta terça-feira, 3 – Brin era o presidente da companhia, enquanto Page desempenhava o papel de presidente executivo. O primeiro cargo será abolido, enquanto o segundo será ocupado por Sundar Pichai, atual presidente executivo do Google – o indiano acumulará os dois postos.

"Enquanto tem sido um tremendo privilégio estar envolvido profundamente com o gerenciamento do cotidiano da empresa por tanto tempo, acreditamos que é hora de assumir o papel de pais orgulhosos na empresa", escreveram Brin e Page na nota. "Vamos oferecer amor e conselhos, mas não ficar atrapalhando a operação diariamente." Os dois executivos permanecerão como diretores no conselho de administração da empresa.

Dona do Google, mas também de empresas como a divisão de carros autônomos Waymo, a firma de ciências da vida Verily e vários outros negócios, a Alphabet foi uma estrutura criada em 2015, para dar maior independência a projetos avançados e arriscados da empresa, sem afetar os ganhos do Google, vindos especialmente de publicidade. Nos últimos anos, Page esteve focado em desenvolver estes novos negócios, mesmo tendo prejuízo, dando a supervisão do Google para Pichai.

"Com a Alphabet agora bem estruturada, e o Google as Outras Apostas operando efetivamente como empresas independentes, é hora natural de simplificar nossa estrutura de gerenciamento", disseram os dois fundadores. "Estamos comprometidos com o Google e a Alphabet para o longo prazo." Após a notícia, as ações da Alphabet subiram 0,75% após o fechamento do mercado, para US$ 1.304,41.

Ao mesmo tempo, os dois executivos deixaram de aparecer publicamente. Parte disso se deve a questões de saúde de Page, cuja voz tem sido bastante afetada nos últimos anos. Mas há também razões políticas para tal afastamento: além de desenvolver seus próprios projetos, os dois também tem sido bastante criticados por legisladores americanos, que buscam respostas por projetos controversos da empresa.

Mais informações em instantes

________________________

Vídeo: Este mini helicóptero será o transporte do futuro? (RUPTLY)

A SEGUIR
A SEGUIR

Mais de Estadão

image beaconimage beaconimage beacon