Você está usando um navegador antigo. Por favor, utilize versão suportada para ter acesso às melhores funções do MSN.

Principais notícias

"Laurel" ou "Yanny"? Por que as pessoas estão ouvindo palavras diferentes neste áudio

Logotipo do(a) Gizmodo Gizmodo 16/05/2018 Ryan F. Mandelbaum
© Reprodução

O trabalho foi interrompido por alguns minutos no Gizmodo, pois todo mundo quis ouvir o arquivo de som de quatro segundos em que alguém diz “laurel” ou “yanny”. Não chegamos a um consenso, mas eu ouvi “laurel”.


Sem brincadeira, essa questão dividiu a equipe, com muitos insistindo que os outros estavam ouvindo errado. Na verdade, isso é basicamente uma versão em áudio daquela história do vestido azul que confundiu a internet.

Por que as pessoas ouvem de forma distinta?


Agora, vamos à questão que importa: como que as pessoas ouviram coisas tão diferentes de um mesmo arquivo de som? Bom, a resposta tem relação com cada um dos ouvintes.

“Se eu cortar suas orelhas e colocar as de outra pessoa na sua cabeça, os sons seriam diferentes”, disse o psicólogo Howard Nusbaum, da Universidade de Chicago, que estuda fonoaudiologia, ao Gizmodo — a propósito, ele ouviu “laurel”.

Todos nós temos canais auditivos que ouvem sons e diferentes formatos de ouvido externo que focalizam o som nesses canais. Essas duas propriedades poderiam aumentar ou diminuir a forma como você ouve diferentes timbres ou frequências de ondas sonoras.

“A informação do sinal está presente na acústica de ambas as palavras, mas algumas pessoas estão ouvindo algumas frequências, enquanto outras pessoas estão ouvindo frequências diferentes.”

Matt Mikkelsen, engenheiro de som, corroborou a tese de Nusbaum. Mas ele acrescentou que a forma como você ouve o áudio pode definir se você ouve “yanny” ou “laurel”. Usar fones de ouvido ou alto-falantes diferentes pode ressaltar diferentes timbres, fazendo com que você ouça uma palavra ou outra de forma mais clara.

Sem contar que ainda tem o cérebro entre as orelhas. “Seu cérebro tem um grande papel em moldar o som e a forma como nós ouvimos”, disse Mikkelsen. Se você mentalizar que vai ouvir uma da palavras, pode ser que você a ouça a princípio. Ao ouvir múltiplas vezes, você pode se convencer de que passou a ouvir a outra forma — que foi o que aconteceu com algumas pessoas da equipe do Gizmodo. Mikkelsen também disse que pessoas que moram na cidade de Nova York ouvem de forma diferente de outras que vivem, por exemplo, em regiões interioranas, pois quem vive na cidade está acostumado com muito barulho.

Origem do som


A origem dessa história toda começou no Reddit. Um usuário identificado como RolandCamry disse que o som original é do dicionário vocabulary.com. Nesse dicionário online, é possível ouvir como se pronuncia algumas palavras, e, segundo ele, o áudio em questão diz respeito à palavra “laurel”.

No entanto, como o usuário explicou ao Buzzfeed, o áudio foi modificado em uma tentativa de gravação via alto-falante a ponto de que algumas pessoas conseguem ouvir “yanny” em vez de “laurel”.

De qualquer jeito, você não deve ficar nervoso se ouvir “laurel”, enquanto seus amigos ouvem outro som. Até porque, como aprendemos acima, ouvir é algo muito subjetivo. E, se você ouvir o áudio o bastante, pode começar a ouvir da outra forma também.


Siga o MSN no Facebook

Mais de Gizmodo

image beaconimage beaconimage beacon