Você está usando um navegador antigo. Por favor, utilize versão suportada para ter acesso às melhores funções do MSN.

Livros e desenhos infantis podem ajudar a diminuir o medo de dentista

Logotipo do(a) ColgateColgate 16/04/2018 Colgate
Profissionais podem utilizar desenhos animados, filmes, livros e personagens infantis para conscientizar crianças sobre os benefícios das consultas odontológicas. © Fornecido por Cartola Profissionais podem utilizar desenhos animados, filmes, livros e personagens infantis para conscientizar crianças sobre os benefícios das consultas odontológicas.

O medo de ir ao dentista é comum na infância. A falta de experiência prévia nos consultórios odontológicos e a pouca noção sobre a importância das consultas podem causar receio ou estranhamento em algumas crianças. Nestes momentos, filmes, livros e desenhos infanto-juvenis que retratem a consulta ao dentista como algo positivo são recursos indicados pelos odontopediatras para estabelecer o vínculo inicial entre os pequenos e os profissionais da área. 

Autora de cinco livros infantis voltados à educação sobre higiene oral, a odontopediatra Dóris Ruiz (CROSP 38.458) acredita que este tipo de mídia é importante no desenvolvimento das crianças, pois auxilia na assimilação sobre os benefícios do atendimento odontológico. “É preciso estabelecer uma ligação com a criança para que se sinta segura e não tema esta nova situação. Uma forma de estabelecer esse vínculo é entrando no universo delas, seja com brinquedos, livros ou personagens infantis”, sugere Dóris.

De acordo com a escritora, personagens infantis que interajam com o consultório odontológico são capazes de aproximar os pequenos do assunto de forma leve e divertida. “Por exemplo: no episódio em que o dinossauro Barney vai ao dentista, a criança vê como a cadeira inclina, descobre a existência de uma luz que acende e, claro, conhece o dentista, que usa máscara e luvas”, lembra a profissional. 

Segundo Dóris, a linguagem lúdica da literatura e dos filmes infanto-juvenis é parte característica da educação infantil como um todo. "Você penetra no universo da criança através de recursos artísticos. Nas escolas, as matérias não são apenas lecionadas, um dia tem vídeo, em outro tem dança. Isso faz parte do atendimento infantil”. 

"Dentista não é coisa de outro mundo", "Eu e a escova", "Troca-troca dos dentes", "Incríveis descobertas no dia a dia com a diabetes" e "O diário de uma boca em crescimento". Na obra de estreia, "Dentista não é coisa do outro mundo", a autora aborda de maneira lúdica e didática a importância da ida ao dentista na vida do personagem principal. 

Dóris lançou cinco livros infanto-juvenis sobre o tema, e garante que uma avaliação prévia por parte dos pais é importante, já que pode filtrar os conteúdos que abordam consultas odontológicas de maneira negativa. “Já chegou a circular nas escolas uma obra em que a criança era amarrada na cadeira do dentista. É preciso deixar tudo bem claro, mostrar o que realmente acontece, antes ou depois de uma consulta”, finaliza a dentista.

image beaconimage beaconimage beacon