Você está usando um navegador antigo. Por favor, utilize versão suportada para ter acesso às melhores funções do MSN.

Das causas aos cuidados, como lidar com os pelos encravados no verão

Logotipo do(a) M de Mulher M de Mulher 19/11/2018 Raquel Drehmer
© VladimirFLoyd

Baixe o app Microsoft Notícias e fique atualizado sobre as notícias mais importantes para você. Disponível para iOS e Android.!

Quem opta por tirar os pelos das pernas, da virilha e das axilas no verão e faz isso na pressa, sem tomar alguns cuidados antes e depois de passar a lâmina ou puxar a cera, já sabe que uma das consequências poderá ser o surgimento de pelos encravados. Há quem até ache “normal”, ainda que dolorido, tê-los.

Mas não é nada normal e nenhuma pessoa merece ter pelos encravados em nenhuma estação do ano! Conversamos com os médicos dermatologistas Murilo Drummond e Fernanda Pereira para entender os principais aspectos sobre essa condição. Fique atenta!

Por que os pelos encravam?

Alguns ficam presos sob folículos (uma espécie de pele bem fininha) e não conseguem irromper, causando uma inflamação com pus. Outros são decorrentes de irritações de pele causadas pela depilação feita no sentido contrário ao nascimento dos pelos.

A principal recomendação de Murilo é: “Nem tente espremer esse pelo com os dedos, pois você só vai piorar a situação. Durante o banho, faça uma leve massagem sob a água quente, seque o local e aplique um produto com ácido salicílico indicado pelo seu dermatologista.” O produto em questão vai agir rompendo e dissolvendo o excesso de pele do local.

Esfoliação x pelos encravados

Esfoliar a pele ajuda a evitar que os pelos encravem, pois o procedimento elimina as impurezas que entopem os poros e dificulta a formação de folículos. Os pelos precisam de caminho livre para chegar à superfície da pele.

Hidratação x pelos encravados

Pele hidratada tem menos riscos de sofrer com pelos encravados, pois conta com uma barreira natural mais forte, dificilmente tem aquelas pequenas rachaduras de peles ressecadas e, consequentemente, fica menos aberta às agressões de elementos externos. Se a pele for hidratada diariamente e esfoliada uma vez por semana, estamos no mais perfeito dos mundos no combate aos pelos encravados!

Lembre-se de usar hidratantes corporais adequados ao seu tipo de pele e aplicá-los em todo o corpo, não apenas nas áreas que serão depiladas. A saúde de sua pele agradece!

Cera x lâmina x pelos encravados

Muita gente acredita que a depilação com cera deixa os pelos mais fracos. Mas, na verdade, eles ficam mais agredidos e, muitas vezes, fragmentados – o que pode levar ao encravamento quando eles começam a crescer. Para evitar isso, basta manter a rotina da esfoliação de que falamos anteriormente.

Já a depilação com lâmina pode causar pequenas irritações e ressecamentos na pele, o que também pode ocasionar pelos encravados. Aqui, o mais importante é não vacilar com a hidratação corporal diária.

Proteção solar x pelos encravados

A pele frequentemente exposta ao sol sem a proteção necessária é mais sujeita a lesões, ressecamento e irritações que facilitam o surgimento de pelos encravados – além de aumentar o risco de câncer de pele, manchas, envelhecimento precoce da pele e doenças cutâneas em geral.

Por isso, use protetor solar diariamente, em uma aplicação logo pela manhã e uma reaplicação no início da tarde em dias de trabalho ou com reaplicações a cada duas horas quando estiver exposta continuamente ao sol.

Roupas justas x pelos encravados

O atrito causado pelas roupas justas pode desencadear o encravamento de pelos, pois deixa a pele sensibilizada. Se elas forem de tecidos sintéticos, a situação fica ainda mais grave. O ideal é usar roupas confortáveis e de tecidos naturais, como o algodão, que não causam atrito e deixam a pele respirar.

Mais de M de Mulher

image beaconimage beaconimage beacon