Você está usando um navegador antigo. Por favor, utilize versão suportada para ter acesso às melhores funções do MSN.

Glicemia: conheça 8 maneiras de mantê-la sob controle

Logotipo do(a) Seleções Seleções 11/07/2019 Thaís Garcez - Revista Seleções
Glicemia: conheça 8 maneiras de mantê-la sob controle © Kwangmoozaa/iStock Glicemia: conheça 8 maneiras de mantê-la sob controle

Você sabe qual é a sua glicemia em jejum? Pois deveria saber! Especialmente se estiver acima do peso, tiver pressão alta ou se o diabetes for comum em sua família. Isso porque essa doença caracteriza-se pelo aumento dos níveis de açúcar do sangue. E você sabe o que também está aumentando? O número de portadores de condições silenciosas que apontam para um provável e futuro diagnóstico de diabetes. Portanto, é muito importante estar com a glicemia sob controle, inclusive em jejum.

Atualmente os pesquisadores sabem que o diabetes aumenta muito o risco de desenvolver uma série de problemas de saúde. Entre eles estão: doença cardíaca, insuficiência renal, cegueira, infertilidade e até câncer. Mesmo que no seu caso o diabetes não seja preocupante, busque manter sua glicemia estável. A razão é que oscilações abruptas da glicemia podem deflagrar problemas de energia e humor. Mas, não se preocupe! A ajuda está ao seu alcance se você mantiver sua despensa abastecida com insumos que auxiliam a vencer a batalha glicêmica.

1. Tome um ou dois cafés na hora do almoço Estudos associam claramente o consumo do café a um menor risco de desenvolver diabetes. Num deles, a alimentação de cerca de 70 mil mulheres francesas não diabéticas foi acompanhada por 11 anos. Ao longo desse período, 1.415 delas desenvolveram diabetes. O estudo concluiu que as mulheres que beberam café na hora do almoço correram um risco significativamente menor de desenvolver diabetes – independentemente de o café consumido ser do tipo normal ou descafeinado.

1. Tome um ou dois cafés na hora do almoço

Estudos associam claramente o consumo do café a um menor risco de desenvolver diabetes. Num deles, a alimentação de cerca de 70 mil mulheres francesas não diabéticas foi acompanhada por 11 anos. Ao longo desse período, 1.415 delas desenvolveram diabetes. O estudo concluiu que as mulheres que beberam café na hora do almoço correram um risco significativamente menor de desenvolver diabetes – independentemente de o café consumido ser do tipo normal ou descafeinado.

© Winston Gambatto/iStock

Mais de Seleções

image beaconimage beaconimage beacon