Você está usando um navegador antigo. Por favor, utilize versão suportada para ter acesso às melhores funções do MSN.

Respirar corretamente relaxa e sincroniza áreas do cérebro: ciência aponta benefícios

Logotipo do(a) Vix Vix 6 dias atrás
UfaBizPhoto/shutterstock © UfaBizPhoto/shutterstock UfaBizPhoto/shutterstock

Por se tratar de um processo mecânico e natural, nem sempre prestamos atenção à forma como respiramos. Portanto, raramente pensamos sobre o ato ou entendemos que inalar e soltar o ar de forma equivocada pode nos deixar doente.

Respirar mal causa ansiedade e estresse

Quando você está tenso, nervoso ou estressado geralmente ouve o mesmo conselho: respire fundo. A sugestão pode soar banal, mas tem fundamento científico.

Diversos estudos apontam que hábito de inalar e soltar o ar de maneira muito rápida, pode piorar a ansiedade e a tensão do corpo e resultar em estresse, que reflete em diversos problemas de saúde.

fizkes/Shutterstock © fizkes/Shutterstock fizkes/Shutterstock

De acordo com uma pesquisa realizada pela Universidade da Califórnia, EUA, respirar lentamente ajuda a acalmar o cérebro. Os cientistas descobriram que a respiração tranquila promove relaxamento e reduz a ansiedade porque, no cérebro, há um grupo específico de neurônios que responde à respiração e envia ao órgão sinais que regulam estados de grande excitação.

Thatchai Wanitchakun/Shutterstock © Thatchai Wanitchakun/Shutterstock Thatchai Wanitchakun/Shutterstock

Um outro estudo, do Hospital Universitário NorthShore, em Long Island, aponta que a consciência e o controle da respiração sincronizam a atividade de certas áreas do cérebro, o que pode levar a um maior consciência emocional, relaxamento e concentração.

AXL/Shutterstock © AXL/Shutterstock AXL/Shutterstock

Respirar corretamente, inalando e soltando o ar lentamente, ainda pode trazer benefícios para pessoas que sofrem de ansiedade e até mesmo depressão, segundo um experimento conduzido pelo Hospital Fatebenefratelli e Oftalmico de Milão, na Itália.

Um exercício de respiração de apenas 30 minutos por dia já seria suficiente para reduzir os sintomas das doenças.

Antonio Guillem/ShutterStock © Antonio Guillem/ShutterStock Antonio Guillem/ShutterStock

Por fim, saiba que respirar bem ainda favorece o sono que, consequentemente, desempenha papel fundamental para a saúde física e mental.

De acordo com um estudo da Universidade de Augusta, nos Estados Unidos, exercícios de respiração pode ter mais efeito no combate à insônia do que medicamentos e técnicas de hipnose.

Técnicas de respiração

_____________________________

Mais de Vix

image beaconimage beaconimage beacon