Você está usando um navegador antigo. Por favor, utilize versão suportada para ter acesso às melhores funções do MSN.

Alimentos que você deve evitar comer em praias, segundo nutricionista

Logotipo do(a) HuffPost Brasil HuffPost Brasil 12/01/2018 Luiza Belloni

Até alimentos que seriam saudáveis em outros ambientes devem ser evitados. © Reprodução/Instagram Até alimentos que seriam saudáveis em outros ambientes devem ser evitados.

Praia é sinônimo de lazer, relaxamento e de muitos quitutes de dar água na boca. Afinal, quem consegue resistir a um queijinho coalho na brasa, um milho verde com manteiga, um camarão no espeto ou aquele peixe frito? Pois bem, são nestes alimentos em que mora o perigo.

De acordo com a nutricionista comportamental Ariane Bomgosto, o problema destes lanchinhos saborosos vendidos nas praias por ambulantes ou barracas é que o consumidor não sabe a procedência do alimento. O resultado de ingerir estes produtos pode ser uma infecção ou intoxicação alimentar.

"Você não sabe quanto tempo o alimento está exposto ao sol forte, em quais condições higiênicas ele foi armazenado, ou se ele está vencido ou contaminado", disse. "O alimento pode ter passado o dia todo no sol e estar estragado."

Até alimentos que seriam saudáveis em outros ambientes devem ser evitados. "As pessoas optam por um milho verde ou um sanduíche natural achando que é melhor em comparação a outros, mas não se sabe como eles foram estocados ou há quanto tempo estão no calor e umidade".

Já produtos que vêm em embalagem, como biscoitos e refrigerantes, a nutricionista lembra que são industrializados e devem ser evitados. "Mas se pensar no cenário de praia, em que outros alimentos podem fazer mal, pode ser uma saída segura", pondera Bomgosto.

O que fazer, então?

Para evitar o risco de intoxicação, a melhor opção é trazer de casa o lanche da praia. São boas opções: castanhas, frutas e até sanduíches naturais -- mas tem que levar uma bolsa térmica ou cooler para não expor estes alimentos ao sol forte.

Outro alimento que pode ser consumido em praia, segundo a nutricionista, é a água de coco fresco. "É natural, saudável, hidrata bem, é bem refrigerado e aberto na hora", avalia.

Mas se a fome persistir, a melhor solução é encontrar um restaurante ou um quiosque de confiança perto do local.

Recapitulando, estes são os alimentos que se deve evitar em praias:

- Camarão no espeto

- Peixes, ostras e outros frutos do mar

- Salgados e cachorro quente feitos por ambulantes ou barracas

- Queijo coalho

- Milho verde

O que se deve preferir:

- Sanduíches feitos em casa

- Nozes e frutas de casa

- Frutas secas

- Água de coco

- Refeições de quiosques e restaurantes confiáveis.


Siga o MSN no Facebook


Mais de HuffPost Brasil

image beaconimage beaconimage beacon