Você está usando um navegador antigo. Por favor, utilize versão suportada para ter acesso às melhores funções do MSN.

Acabe com germes e bactérias dentro de casa

Logotipo do(a) Sua Dieta Sua Dieta 03/05/2014 Sua Dieta
Photo: Acabe com germes e bactérias dentro de casa © diego cervo - Fotolia.com Acabe com germes e bactérias dentro de casa

Uma das tarefas mais difíceis dentro de casa é manter os ambientes longe de bactérias, fungos, ácaros e germes. Por mais que o nosso esforço seja grande, muitas vezes estes micro-organismos ficam escondidos nas superfícies que parecem estar mais limpas e desinfetadas. O prejuízo pode ser grande, principalmente para a nossa saúde.

Pessoas com baixa imunidade são alvos fáceis para estes micro-organismos que podem acarretar diversas doenças, entre elas processos alérgicos que abrem portas para infecções alimentares ou atacam os pulmões. As doenças mais comuns desse tipo de contaminação são salmonelose, estafilococose e verminoses diversas.
 

"As bactérias não estão apenas nas cozinhas como muitas pessoas pensam. Maçanetas de portas podem conter saliva, coliformes fecais e até mesmo vírus como o da gripe; as roupas de cama se não forem trocadas frequentemente levam a surtos de asma, rinite e outras alergias", explica o biomédico Rafael de Menezes Padovani, presidente da Associação Brasileira de Biomedicina.
 

Quando o assunto é prevenção, não existe outra saída a não ser apostar em uma boa faxina. Para se ter ideia, um pano de prato úmido deixado sobre a pia da cozinha pode conter mil vezes mais bactérias que o tampo do vaso sanitário. Outro depósito de bactérias são as esponjas de lavar louça, que devem ser trocadas semanalmente.
 

"A cozinha é o ponto da casa que merece mais atenção, pois é nela que passam todos os alimentos", destaca ele. Segundo o Ministério da Saúde, de todos os 5.699 surtos de Doenças Transmitidas por Alimentos (DTA) registrados no país entre 1999 e 2007, a maioria (34,7%) ocorreu dentro de casa. A principal causa foram as bactérias, responsáveis por 83,5% dos casos.
 

"No banheiro, a descarga deve ser acionada apenas com a tampa do vaso fechada, pois quando aberta, os germes vão para o ar e podem contaminar a pia, toalhas ou até mesmo escovas de dente. Além disso, recomenda-se a limpeza diária de pisos e azulejos, além de uma boa higiene das mãos, o que pode evitar 80% dos casos de contaminação.", conclui o especialista.

Mais de Sua Dieta

image beaconimage beaconimage beacon