Você está usando um navegador antigo. Por favor, utilize versão suportada para ter acesso às melhores funções do MSN.

Alongamento antes de exercícios evita lesões e câimbras

Logotipo do(a) Sua Dieta Sua Dieta 17/07/2014 Sua Dieta
© Foto: Getty Images

O alongamento aumenta o comprimento das fibras musculares.

Quando você resolve praticar exercícios físicos, sempre acha que vai se inscrever em uma aula e partir para o ataque. Mas, este pode ser um grande erro. Antes de se exercitar é preciso estar com os músculos prontos e aquecidos, para evitar lesões e câimbras. É o alongamento que propicia o estiramento das fibras musculares, aumentando o seu comprimento. O resultado é uma flexibilidade maior do músculo e da amplitude dos movimentos das articulações.

"Músculos bem alongados são essenciais para o bom funcionamento do corpo, proporcionando mais agilidade e elasticidade, além de prevenir as lesões", ressalta o personal trainner Xande Negão. Ele explica que estes exercícios são fundamentais para o aquecimento e relaxamento dos músculos e devem ser feitos antes e depois de atividades físicas ou em outros momentos do dia, principalmente quando se trabalha muito tempo em pé ou sentado.

Este cuidado não se restringe aos mais velhos. O personal ressalta que: "Até mesmo para estudantes o alongamento é importante, pois ao ajudar a respiração e facilitar a circulação sanguínea, o raciocínio aumenta". O segredo do alongamento bem feito é respeitar sempre os seus limites e focar nas atividades que pretende fazer. Quando for malhar o braço, por exemplo, o melhor é aumentar os movimentos que alonguem este músculo.

"Não é necessário habilidades ou uma condição específica para se alongar. E mesmo que a pessoa tenha algum problema, como dores na coluna, é recomendado fazer, mas com menos intensidade. A respiração também é um fator essencial. É ela que dá ritmo ao exercício e deve ser lenta e profunda para aumentar o relaxamento muscular", assegura.

Xande também sugere o acompanhamento de um profissional qualificado para aprender a execução correta dos movimentos. "Deve-se alongar o músculo até sentir uma certa tensão, segurar de 30 a 40 segundos e relaxar", ensina. O personal acrescenta que não se deve forçar os movimentos, pois isso pode causar lesões nos tendões e nos músculos.

E, neste caso, a pressa é inimiga da perfeição. A flexibilidade é adquirida aos poucos e não de uma hora para outra. "Quando as fibras musculares não são alongadas elas encurtam, aumentando o risco de problemas nos ossos e nos músculos. Isso vale tanto para quem é sedentário quanto para quem pratica musculação e outras atividades físicas", conclui.

Mais de Sua Dieta

image beaconimage beaconimage beacon