Você está usando um navegador antigo. Por favor, utilize versão suportada para ter acesso às melhores funções do MSN.

Aparelho lingual é mais popular entre os adultos e atletas, diz especialista

16/08/2014 Por Redação

Os cuidados com a escovação devem ser redobrados para evitar o acúmulo de alimentos - Lucky Business

Quando se usa aparelho ortodôntico e se pratica esporte de contato como o futebol, por exemplo, o medo de uma batida na região da boca torna-se uma preocupação constante. O camisa 10 da Seleção Brasileira, Neymar Jr, passou exatamente por essa situação durante uma partida e precisou trocar o tipo de aparelho que usava após sofrer uma cotovelada que deixou os ganchos grudados na bochecha do atleta. O modelo que passou a ser usado pelo jogador é o lingual, que fica posicionado na parte interna da arcada dentária e não na externa como os tradicionais. Além de servir aos esportistas, a opção é popular, também, entre os adultos como observa o professor de Ortodontia da Faculdade de Odontologia da Universidade de Universidade de São Paulo (FOUSP), Jorge Abrão. “O principal motivo que os leva a optar por esse tipo de aparelho é o estético, porque a função dele é a mesma do tradicional. Como ele fica invisível aos olhos dos outros, evita qualquer tipo de constrangimento que a pessoa possa vir a ter.”

Por exigir um treinamento técnico e formação específica para sua colocação, o tratamento custa, em média, 40% mais caro que o tradicional, e, a princípio, não há contraindicações para aqueles que optam por essa modalidade. “O único caso a ser analisado é o de pacientes que apresentam a parte interna do dente muito pequena”, afirma Henrique Bacci, mestre em Ortodontia Lingual. Ele lembra que, antigamente, casos de machucados na língua e dificuldade na pronúncia de algumas palavras e fonemas eram problemas frequentes, mas, com o aprimoramento do material utilizado, essas questões foram superadas e, se ocorrem, são, geralmente, nas primeiras semanas, ainda na fase de adaptação.

Quando se fala em aparelho lingual o principal cuidado a se tomar é com a higiene bucal que precisa ser redobrada. Por ficar na parte interna da arcada, a escovação torna-se um pouco mais complicada. “Aquele que optar por essa modalidade vai levar um pouco mais de tempo para higienizar a boca, porque o acesso fica um pouco complicado, mas nada que impeça a correta limpeza. Não há cuidados especiais, basta escovar os dentes após as refeições e usar fio-dental”, diz Abrão. Segundo Bacci, outra vantagem apresentada por esse aparelho em relação ao tradicional está no fato de ele permitir a realização de outros tratamentos estéticos e de restauração paralelo ao seu uso, como, por exemplo, sessões de clareamento.

image beaconimage beaconimage beacon