Você está usando um navegador antigo. Por favor, utilize versão suportada para ter acesso às melhores funções do MSN.

Dicas para garantir uma amamentação saudável para o bebê

Logotipo do(a) Sua Dieta Sua Dieta 17/07/2014 Sua Dieta
© Foto: AP

Peso acima do desejável é uma das preocupações comuns entre as mães nesta fase.

No período da gestação, as mães costumam investir numa boa alimentação para garantir a nutrição ideal de seus bebês. Nos primeiros meses de vida da criança, o leite materno é o seu único alimento e, por isso, é essencial a permanência deste cuidado durante toda a fase de amamentação.

O peso acima do desejável é uma das preocupações comuns entre as mães nesta fase. Mas, de acordo com a especialista Yolanda Schrank, é desaconselhável iniciar uma dieta para emagrecer, já que este fator pode comprometer a produção de leite e, consequentemente, a nutrição do bebê. "A amamentação ajuda a emagrecer, pois queima calorias", garante a endocrinologista.

Durante todos os meses de amamentação, é necessário fazer uma alimentação equilibrada, com cerca de 2.500 calorias diariamente. Além disso, é primordial tomar bastante liquido. A endocrinologista alerta: "É importante ingerir ao menos dois litros de água por dia, o que não é muito difícil, uma vez que a mulher costuma sentir muita sede durante a produção de leite".

As carnes brancas e magras, frutas, legumes, verduras, cereais, e aqueles alimentos que contêm grande quantidade de cálcio, como os vegetais verdes escuros, o leite e seus derivados devem fazer parte do cardápio. É recomendável, também, a ingestão de peixes, linhaça e outros alimentos fontes de ômega 3, no mínimo, duas vezes por semana.

A endocrinologista esclarece que estes alimentos garantem os níveis do ácido graxo essencial no leite materno. Já para as mães vegetarianas, um alerta especial: é preciso redobrar a atenção com a alimentação e adaptar ao cardápio vitaminas e minerais suficientes para nutrir o bebê.

Vale lembrar que a amamentação não combina com bebidas alcoólicas e remédios. Além de causar prejuízos ao próprio organismo, estes itens podem influenciar diretamente a saúde do bebê através do leite materno. A especialista ainda recomenda o acompanhamento médico.

"É importante lembrar que a consulta com um médico especialista ou nutricionista é a opção mais recomendada para quem deseja elaborar um cardápio saudável, com refeições e lanches saudáveis", finaliza Yolanda.

Mais de Sua Dieta

image beaconimage beaconimage beacon