Você está usando um navegador antigo. Por favor, utilize versão suportada para ter acesso às melhores funções do MSN.

Dietas do Glúten e Lactose: elas funcionam?

Logotipo do(a) Sua Dieta Sua Dieta 17/07/2014 Sua Dieta
© Foto: AP Photo/Larry Crowe

Especialista em nutrição tira dúvidas a respeito de glúten e lactose.

© PhotoSG - Fotolia.com

Na busca pelo emagrecimento, muitas pessoas buscam dietas diferentes. Nos últimos anos, com o crescimento das pesquisas e descobertas a respeito da alimentação funcional, dois nutrientes têm sido excluídos dos cardápios com o objetivo de promover saúde e emagrecimento. De acordo com a nutricionista carioca Lílian Assis, o glúten e a lactose estão no topo da lista.

Veja o que a especialista fala a respeito destes dois nutrientes.

Glúten

É uma proteína presente no trigo, centeio, aveia e cevada (pães, bolos, biscoitos, massas, cerveja...). Pessoas que têm intolerância ao glúten (doença celíaca) sofrem com a perda de peso, diarreias crônicas, gases, dermatites, entre outros sintomas.

Não existem estudos conclusivos sobre a exclusão do glúten e o emagrecimento, mas, na prática, vemos que quem exclui os alimentos ricos em glúten acaba perdendo peso e gordura abdominal.
Contudo, a ciência precisa comprovar se isso ocorre pelo glúten ou pela exclusão de alimentos ricos em carboidratos e calorias. Com o crescimento da procura por alimentos sem glúten, o mercado está recheado de novidades: pães, biscoitos e macarrão de arroz, aipim ou milho, tudo isso sem o acréscimo do ingrediente.

Dietas do Glúten e Lactose: elas funcionam?

Lactose

É o açúcar presente no leite e derivados, que deve ser quebrado pela enzima lactase, não produzida pelos intolerantes a este nutriente. É muito comum a intolerância à lactose na infância, podendo ser transitória, e no idoso.

A lactose provoca gases, diarreias, otites... Também não existem dados comprovando que a exclusão da substancia provoque emagrecimento, mas quem evitar queijos, creme de leite, sorvete, leite condensado e etc, com certeza, irá ter resultados na balança.

O único “porém” fica por conta da ingestão de cálcio, que deve ser garantida com o uso de soja e outras leguminosas (feijões, lentilha, ervilha) e vegetais verde-escuros, ou com o uso de um suplemento recomendado por médico ou nutricionista.

Mais de Sua Dieta

image beaconimage beaconimage beacon