Você está usando um navegador antigo. Por favor, utilize versão suportada para ter acesso às melhores funções do MSN.

Extração de dentes deve ser feita somente após indicação de especialistas

16/08/2014 Por Redação

A extração de dentes só pode ser realizada após uma cuidadosa avaliação - Shutterstock

Segundo o especialista em Ortodontia e Ortopedia Facial, Pedro Benatti, há diversas indicações para extração de dentes. “As mais comuns são dentes comprometidos devido a destruição extensa por cárie, dentes com mobilidade excessiva devido a perda óssea e indicações para a correção com o aparelho ortodôntico devido a falta de espaço para todos os dentes”, explica. Entretanto, a mais comum é a extração de dentes devido o posicionamento desfavorável dos terceiros molares, mais conhecidos como siso. 

A extração de dentes só pode ser realizada após uma cuidadosa avaliação do estado de saúde geral do paciente. “Muitas vezes, uma profilaxia deve ser realizada previamente à cirurgia para remoção de placa e cálculo dentário, diminuindo os riscos de infecções”, destaca o Benatti. Dentes que estão completamente irrompidos e presentes na boca podem ser removidos com mais tranquilidade quando comparados aos dentes parcialmente rompidos e dentes impactados. No caso dos dentes impactados, incisões na gengiva e na mucosa devem ser feitas para que haja uma boa visualização do dente.

Ao contrário do que muitos pensam, os dentes não servem só para a mastigação, fala e para a estética. As principais funções são da respiração, da bioquímica e postura esquelética, e logo depois a mastigação, fonética e, por fim, a estética. “A principal função dos dentes é manter um padrão respiratório ideal, pois eles trabalham como colunas que sustentam o espaço da língua e permitem uma respiração saudável. Por isso, a extração dos dentes pode ocasionar problemas sérios à saúde, como dores de cabeça, problemas respiratórios, entre outros”, explica o presidente da Odontobalance, Rogério Pavan. Ele diz que com as extrações dos dentes, os espaços internos da boca vão diminuir, ocasionando distúrbios nas áreas respiratórias, digestiva e muitas vezes, até nas estruturais. “Quando se movimentam demasiadamente os dentes, podem surgir desde problemas de coluna e postura até visuais, como a miopia”, explica o dentista.

Pacientes que são alérgicos a anestesia tem como recurso a acupuntura para aliviar a dor, segundo o cirurgião dentista da Natus Saúde, Carlos Coachman. Nos dois dias seguintes à cirurgia, Benatti indica não ingerir alimentos quentes e consistentes. “Prefira alimentos a temperatura ambiente e que não exijam muito esforço mastigatório”, aconselha. O paciente deve escovar todos os dentes normalmente, mas evitar os dentes vizinhos diretos na região do dente extraído durante as primeiras 24 horas. No segundo dia, é possível retomar de forma suave a escovação de todos os dentes.

image beaconimage beaconimage beacon