Você está usando um navegador antigo. Por favor, utilize versão suportada para ter acesso às melhores funções do MSN.

Nutricionistas recomendam beber apenas água para combater obesidade infantil

Logotipo do(a) Sua Dieta Sua Dieta 17/07/2014 Sua Dieta
Photo: Nutricionistas recomendam beber apenas água para combater obesidade infantil © Tatyana Gladskih - Fotolia.com Nutricionistas recomendam beber apenas água para combater obesidade infantil

Nutricionistas recomendam beber apenas água para combater obesidade infantil

Faz tempo que a obesidade infantil tem chamado a atenção de profissionais de saúde no mundo todo. Na Grã-Bretanha, o Public Health England, uma agência do Departamento de Saúde, se prepara para publicar seus planos para cortar o consumo de açúcar no país, que deverá propor um "imposto de açúcar" sobre os refrigerantes, entre outras medidas.

Segundo matéria publicada no site da BBC, de Londres, um dos passos importantes para combater a obesidade infantil seria restringir a ingestão de quaisquer outras bebidas nas refeições, a não ser água.
Para um grupo de cientistas consultado na matéria, "bebidas açucaradas são calóricas e com pouco, ou nenhum, valor nutricional". Os especialistas disseram ainda que as pessoas perderam o costume de beber água durante as refeições, o que contribuiu para o aumento da obesidade. Os profissionais aconselham aos pais incentivarem seus filhos a beberem de água.

Tom Sanders, chefe do departamento de ciências nutricionais e diabetes do hospital King's College de Londres, disse: "Crianças devem adquirir o hábito de beber água. O problema é que as pessoas não bebem mais água. Eu acredito que as famílias devem colocar água na mesa, e não refrigerante, que deve ser apenas um agrado."

Açúcar e calorias

O grupo de especialistas disse que o principal impacto do açúcar na saúde é como fonte de calorias que podem levar à obesidade. Além disso, o açúcar pode aumentar o risco de problemas cardíacos e da diabetes tipo 2.

A recomendação da Organização Mundial da Saúde é de que a ingestão de açúcares não ultrapasse 10% do consumo diário de calorias de uma pessoa - e de que os governos trabalhem com uma meta de 5% para a população.

Os limites devem ser aplicados a todos os açúcares adicionados aos alimentos, assim como o açúcar natural presente no mel, melados, sucos de fruta e concentrados de frutas.

Mais de Sua Dieta

image beaconimage beaconimage beacon