Você está usando um navegador antigo. Por favor, utilize versão suportada para ter acesso às melhores funções do MSN.

Os benefícios da dieta anti-inflamatória

Logotipo do(a) Sua Dieta Sua Dieta 17/07/2014 Sua Dieta
© ipag - Fotolia.com

Os benefícios da dieta anti-inflamatória

Que dar adeus ao inchaço? Adote a dieta anti-inflamatória na sua vida! A dieta anti-inflamatória pode te ajudar resolver o problema e se sentir melhor e mais bem disposto. Uma alimentação desequilibrada, o estresse diário e até mesmo a poluição podem fazer o corpo reter líquido e, consequentemente, ganhar volume, coisa que ninguém deseja.
O que o corre é que as células não conseguem metabolizar o excesso de gorduras saturadas, nem o açúcar que consumimos e acabam inflamando. O organismo entende o consumo sem controle dessas substâncias como uma agressão e reage. Este processo inflamatório das células prejudica todo o metabolismo do corpo, fazendo o ponteiro da balança subir até 8 kg!
E na maioria das vezes, não nos damos conta de que nosso cardápio é repleto de alimentos que levam o corpo a entrar em um processo inflamatório. Os embutidos e enlatados são exemplo dessa alimentação nociva. A escolha errada feita na hora das refeições pode levar ao aparecimento de várias doenças, como a obesidade, já que as defesas do organismo vão ficando debilitadas.
Para reverter este processo de degradação do corpo, adote uma dieta balanceada. A nutricionista Lilian de Assis indica o consumo de, pelo menos, um  alimento que possui propriedade antiinflamatória por refeição, para dar início ao melhor funcionamento do organismo.

Veja quais são os alimentos que vão ajudar na recuperação de sua saúde e do seu peso:
Peixes: salmão, sardinha, truta, bacalhau.
Folhas verdes: brócolis, alface, repolho.
Frutas:  maçã, pêra, framboesa e amora.
Bebidas: chá verde, vinho tinto, café e água.
Óleos: óleo de linhaça, azeite de oliva extra virgem.
Cogumelo: Agaricus Sylvaticus (cogumelo do sol).
Carboidratos: semente de linhaça, vegetais de folhas verdes, maçã, pêra, nozes, castanha do Pará, framboesas, amora, alcachofra, feijão, aveia, arroz integral, pimenta.
Ervas e Fitoterápicos: gengibre, cúrcuma, alho, cebola, açafrão da terra, manjericão sagrado, alecrim.

Mais de Sua Dieta

image beaconimage beaconimage beacon