Você está usando um navegador antigo. Por favor, utilize versão suportada para ter acesso às melhores funções do MSN.

Overtraining compromete músculos e ligamentos

Logotipo do(a) Sua Dieta Sua Dieta 17/07/2014 Sua Dieta
© Dirima - Fotolia.com

Overtraining compromete músculos e ligamentos

A prática de exercícios físicos faz parte da rotina saudável de pessoas que buscam longevidade e equilíbrio entre corpo e mente. Mas, há quem pratique atividades de forma sucessiva e extenuante, sem ao menos se preocupar com uma recuperação adequada. Esta situação caracteriza o que se chama de overtraining.

De acordo com o preparador físico e especialista em Power Plate, Eduardo Lunas, além do excesso de treino e pouca recuperação, uma alimentação inadequada e uma reposição hídrica insuficiente também levam uma pessoa a chegar neste estágio. O especialista explica que o overtraining compromete a musculatura, tendões, ligamentos e ossos, que ficam mais propensos a contusões.

Entre os sintomas do overtraining estão: cansaço anormal, irritabilidade, falta de disposição para malhar, perda de apetite, perda de força, contusões e resfriados frequentes, dores de cabeça, sede anormal, insônia, tremor nas mãos, depressão e ansiedade.

Segundo Eduardo Lunas, quando uma pessoa percebe que está praticando em excesso exercícios físicos é preciso fazer algumas mudanças como diminuir o ritmo de treinamento e procurar orientação de um profissional capacitado.

"O uso da Power Plate, por exemplo, pode ajudar na recuperação de um indivíduo após o treinamento, realizando massagem para relaxar a musculatura e promover a regeneração do tecido muscular. Mas, como a vibração também é uma forma de treino, deve ser dosada de acordo com a aptidão física de cada pessoa para que não se chegue a situações extremas e ao overtraining", disse o especialista.

Sobre a periodicidade ideal para uma pessoa praticar atividades físicas, o preparador físico explica que vai depender muito do nível de condicionamento físico de cada indivíduo. "É sempre bom que os iniciantes comecem com prudência, de 2 a 3 vezes por semana, com orientação de um profissional", disse Lunas.

Mais de Sua Dieta

image beaconimage beaconimage beacon