Você está usando um navegador antigo. Por favor, utilize versão suportada para ter acesso às melhores funções do MSN.

Pediatra dá dicas para seu filho ter um 2014 mais saudável

Logotipo do(a) Sua Dieta Sua Dieta 17/07/2014 Sua Dieta
Photo: Pediatra dá dicas para seu filho ter um 2014 mais saudável © Oksana Kuzmina - Fotolia.com Pediatra dá dicas para seu filho ter um 2014 mais saudável

Pediatra dá dicas para seu filho ter um 2014 mais saudável

Que tal começar o ano compartilhando tudo o que você aprendeu sobre alimentação com seu filho? 2014 está aí e as crianças estão de férias, ou seja, você consegue ficar mais tempo ao lado delas. Aproveite este período e reeduque-as sem receio ou restrições.

"Mesmo vivendo num cenário mundial desanimador, cada pai e mãe podem fazer uma pequena revolução particular dentro de casa, ajudando seus filhos a atingirem duas metas em 2014: adotar uma rotina alimentar mais saudável e praticar mais exercícios físicos. Não é só importante ensinar as crianças a comerem apropriadamente em função das vitaminas, dos nutrientes e do crescimento, bem como a praticar atividades físicas para ter uma vida saudável. O sucesso ?em bater estas duas metas?, na verdade, significa insistir na formação de bons hábitos, desde o início da vida", destaca o pediatra Moises Chencinski (SP).

É neste sentido que o médico lista algumas dicas de vida saudável para os pais ajudarem as crianças a se manterem "no caminho certo" no próximo ano:

Melhorar Hábitos Alimentares

- Você pode ter más recordações da sua infância por ter sido forçado a sentar-se à mesa até limpar seu prato. Não perpetue este método de gestão das refeições! Ele envia a mensagem errada à criança ao enfatizar a quantidade em detrimento da qualidade e pode conduzir a excessos significativos. Passe uma atitude saudável em relação à comida, concentrando-se, em primeiro lugar, na qualidade do alimento que você serve à criança e aceitando um "não quero mais" como um limite de oferta;

- Estabeleça uma rotina com refeições e lanches regulares. Insista que refeições devam ser feitas à mesa. Crianças que fazem suas refeições com sua família consomem mais frutas, legumes, fibras, alimentos ricos em cálcio e vitaminas, especialmente se esse for o hábito da família;

- Quando as crianças tiverem idade suficiente, incentive-as a comerem sozinhas, tanto quanto possível;

- Evite refrigerante, uma bebida cheia de calorias vazias e edulcorantes artificiais. Na verdade, uma refeição não precisa ser acompanhada por refrigerantes ou sucos, ensine isso às crianças desde cedo. No máximo ofereça água como acompanhamento. Reserve o suco natural para a hora do lanche, quando a quantidade de calorias ingeridas pela criança é menor;

- As crianças podem ser exigentes no início do seu período alimentar, mas não deixe que a recusa de um novo alimento impeça que você o reintroduza novamente, em outra ocasião. Ofereça novos alimentos, várias vezes, de várias maneiras. Para as crianças, pode ser necessário tentar até 10-15 vezes, ao longo de vários meses, para que um alimento seja aceito;

- Os pais são extremamente influentes no momento da alimentação e podem servir como melhor exemplo (ou pior) para uma criança. Portanto, devem comer uma variedade de alimentos com diferentes sabores, cores e texturas também. Devem fazer exatamente o que pretendem exigir.

Incentive as Atividades Físicas

- Não deixe que sequer um dia se passe em 2014 sem que a criança tenha feito uma atividade física. Ir ao parque, brincar no quintal e caminhar são atividades físicas que podem integrar a rotina diária da família;

- Limite o tempo de tela, incluindo celulares, televisão, videogame, computadores a menos de duas horas por dia. Evite colocar computadores ou aparelhos de televisão nos quartos das crianças, facilitando assim que eles tenham uma noite de sono com mais qualidade;

- Incentive seus filhos a participarem de equipes esportivas, aulas de ginástica, de dança e de outras atividades que irão mantê-lo em movimento.

"Não importa quantos anos o seu filho tem, nunca é cedo ou tarde demais para estabelecer rotinas domésticas que promovam hábitos saudáveis. Faça de 2014 uma oportunidade para que isso aconteça", recomenda o pediatra Moises Chencinski.

Mais de Sua Dieta

image beaconimage beaconimage beacon