Você está usando um navegador antigo. Por favor, utilize versão suportada para ter acesso às melhores funções do MSN.

Pilates ajuda a combater a fibromialgia e a osteoporose

Logotipo do(a) Sua Dieta Sua Dieta 17/07/2014 Sua Dieta
Photo: Pilates ajuda a combater a fibromialgia e a osteoporose © Robert Kneschke - Fotolia.com Pilates ajuda a combater a fibromialgia e a osteoporose

Pilates. Esta técnica, que chegou ao Brasil no início dos anos 90, continua sendo sucesso e sinônimo de equilíbrio e bem-estar. Este tipo de exercício que trabalha a respiração, a postura, o equilíbrio, a flexibilidade, além do fortalecimento muscular e controle motor, pode ser fundamental no auxílio ao tratamento de duas doenças: a fibromialgia e a osteoporose.

Para quem não conhece muito bem, essas doenças atingem mais mulheres do que homens. A fibromialgia é uma síndrome complexa que se caracteriza principalmente pela existência de dores generalizadas em todo o corpo, cansaço extremo, perturbações no sono e alterações emocionais. Ela afeta, em sua maioria, mulheres que estão entre os 30 e 60 anos.

Pilates ajuda a combater a fibromialgia e a osteoporose

Já a osteoporose é caracterizada por uma redução silenciosa da massa óssea e aumento do risco de fraturas. As mulheres são mais suscetíveis em função da menopausa e do sedentarismo.

De acordo com a fisioterapeuta Andréa Regina de Oliveira, da Associação Brasileira Beneficente de Reabilitação (ABBR), o Pilates pode contribuir para a melhoria dos sintomas da fibromialgia. Ela explica que a prática do exercício, associada à respiração, promove o alívio da dor pela redução da tensão muscular, do aumento da flexibilidade, da melhora da postura, da coordenação motora e da força muscular.

A técnica promove a liberação de hormônios e neurotransmissores, que auxiliam na redução da ansiedade, promoção da sensação de bem estar e ganho na qualidade do sono, completa.

Ainda segundo a fisioterapeuta, na osteoporose, a prática do Pilates melhora o equilíbrio, a coordenação motora, a capacidade do indivíduo de reconhecer a localização espacial do corpo e concentração para realizar atividades da vida diária. "É uma importante ajuda para reduzir o risco de queda, além de auxiliar no aumento da densidade mineral óssea, devido ao trabalho de fortalecimento muscular", disse Andréa Regina.

Mais de Sua Dieta

image beaconimage beaconimage beacon