Você está usando um navegador antigo. Por favor, utilize versão suportada para ter acesso às melhores funções do MSN.

Planta que faz parte da fabricação da cerveja pode ajudar na saúde bucal

16/08/2014 Por Redação

Pesquisadores analisaram o lúpulo, planta utilizada no sabor e conservação da bebida - Shutterstock

Uma pesquisa realizada pela empresa japonesa Asahi Group Holdings, que produz cerveja e refrigerante, concluiu que partes do lúpulo que não são utilizadas na produção de cerveja contêm substâncias que podem combater a cárie e doenças periodentais. Na fabricação da cerveja, o lúpulo é utilizado para dar amargor e conservar a bebida. O estudo examinou a bráctea do lúpulo, que é a folha que envolve a planta.

A introdução da pesquisa revela que foram isolados mais de 100 tipos de componentes de apenas 25g da bráctea do lúpulo e ainda que: “Também foram encontrados três novos compostos, um composto conhecido identificado pela primeira vez em plantas e 20 compostos conhecidos que não foram relatados em lúpulo”. Além disso, as brácteas também continham grandes quantidades de proantocianidinas, que possuem propriedades antioxidantes e beneficiam a saúde.

Estudos anteriores da universidade já haviam detectado que o extrato das brácteas impediu a bactéria da cárie e periodontite de aderirem às superfícies e preveniu a liberação das toxinas de algumas bactérias. O trabalho é intitulado “Separação Compreensiva e Análise Estrutural do Polifenol e Compostos Relacionados das Brácteas dos Lúpulos (Humulus lupulus L.)” e foi publicado em fevereiro na revista Journal of Agricultural and Food Chemistry.

image beaconimage beaconimage beacon