Você está usando um navegador antigo. Por favor, utilize versão suportada para ter acesso às melhores funções do MSN.

Segundo médicos, medicina antienvelhecimento é motivo de alerta

Logotipo do(a) Sua Dieta Sua Dieta 06/05/2014 Sua Dieta
Photo: Segundo médicos, medicina antienvelhecimento é motivo de alerta © Alliance - Fotolia.com Segundo médicos, medicina antienvelhecimento é motivo de alerta

Em busca da "eterna juventude", milhares de pessoas ao redor do mundo recorrem à terapia de reposição hormonal para combater efeitos normalmente associados ao estresse e ao envelhecimento. Mas, especialistas alertam que a medicina antienvelhecimento pode causar sérios riscos à saúde como a Síndrome de Parkinson.

De acordo com Silvia Pereira, presidente do Congresso e da Sociedade Brasileira de Geriatria e Gerontologia que ocorre entre os dias 22 e 25 de maio, no Rio de Janeiro, a prática do anti-aging não possui comprovação científica quanto a sua eficácia e se baseia na promessa aos pacientes de reverter ou minimizar os sintomas da idade, principalmente os relacionados à estética e ao organismo saudável. "A população precisa saber que na verdade não há fórmula capaz de evitar os impactos da idade sem mudança de hábitos de vida e acompanhamento preventivo ou terapêutico, quando necessário", salienta a médica.

Entre os perigos da medicina anti-aging estão os efeitos da reposição de nutrientes no organismo. Segundo o presidente da Comissão Científica do Congresso, Sabri Lakhdari, muitos especialistas adeptos à prática não pensam na toxicidade representada pela ingestão de algumas substâncias como a vitamina A, que pode aumentar o risco de câncer de pulmão em fumantes, e o lítio, indicado para o tratamento de transtorno bipolar, que quando mal empregado pode causar Síndrome de Parkinson.

Sabri Lakhdari alerta sobre o uso do hormônio do crescimento (GH), receitado com frequência para ganhar músculos e queimar gordura com facilidade. Segundo Sabri, ele pode aumentar a incidência de cânceres. "O efeito é ótimo, física e esteticamente falando, mas por dentro, o organismo pode ser deteriorado", disse.
 
Ainda segundo Sabri Lakhdari, envelhecer é um processo natural, não há como evitar ou parar o tempo. "Para prevenção de envelhecimento patológico, ou seja, do envelhecimento doentio, é necessário promover saúde sem recorrer às poções mágicas, mas através de cuidados adequados e de uma adequada higiene de vida", alerta.

Mais de Sua Dieta

image beaconimage beaconimage beacon