Você está usando um navegador antigo. Por favor, utilize versão suportada para ter acesso às melhores funções do MSN.

Argila pode substituir creme dental?

Logotipo do(a) ColgateColgate 5 dias atrás Colgate
Substância terrosa pode causar danos irreversíveis à saúde bucal. © Fornecido por Cartola Substância terrosa pode causar danos irreversíveis à saúde bucal.

Você certamente já viu nas redes sociais várias receitas caseiras para auxiliar a saúde bucal. Entre os produtos comuns na moda orgânica, estão bicarbonato de sódio, limão, cravo da índia, óleo de coco, o vinagre e até mesmo argila. A substância terrosa, no entanto, pode causar danos irreversíveis aos seus dentes. 

Marco Antonio Manfredini (CROSP 27268), Secretário do Conselho Regional de Odontologia de São Paulo, alerta que a argila não substitui o creme dental. “Nós não temos nenhuma evidência científica sobre a eficácia da argila para higienização bucal”, afirma. De acordo com Manfredini, para um produto ser liberado para uso, são feitos diversos estudos sobre sua composição. Ele também é inspecionado por órgãos de fiscalização, levando em consideração a comprovação de que contenham substâncias que melhoram a saúde bucal das pessoas, como o flúor. 

Como a argila é um material potencialmente abrasivo, ela pode auxiliar na limpeza dos dentes da mesma forma que pode afetar a estrutura dentária. Em certos casos, quando há o desgaste do esmalte, é necessário uma intervenção terapêutica. E se o uso do produto causa retração da gengiva, isto é, danifica a estrutura que cobre a raiz, pode existir a necessidade de fazer restaurações para recompor a superfície dos dentes. “Tem situações em que a utilização desses produtos sem respaldo técnico científico pode gerar danos, inclusive irreversíveis”, salienta. Ele ainda explica que e tais soluções alternativas não irão trazer os benefícios que a população necessita. 

Manfredini pede que as pessoas tenham cuidado com as informações que circulam na internet, principalmente nas redes sociais. Quando existirem dúvidas, aconselha que busquem esclarecer suas questões com cirurgiões-dentistas ou em sites de órgãos de saúde, que têm credibilidade para auxiliar a sociedade. “Eles têm responsabilidade de passar corretamente as informações para as pessoas”, ressalta.

image beaconimage beaconimage beacon