Você está usando um navegador antigo. Por favor, utilize versão suportada para ter acesso às melhores funções do MSN.

Viaje por dunas, cachoeiras e fervedouros em 100 fotos do Jalapão

Logotipo de Escolha Viajar Por Escolha Viajar de Escolha Viajar | Slide 1 de 100: Você já ouviu falar do Jalapão? Já pensou em passar uma semana das suas férias por lá? Provavelmente, a resposta é não. Mas você deveria. Ah, se deveria! O Jalapão é uma região localizada no leste do estado do Tocantins, bem perto da tríplice divisa com Maranhão, Bahia e Piauí. Soa como o fim do mundo e, de fato, o acesso não é dos mais fáceis. Mas vamos falar sobre como chegar lá em outro texto. Neste aqui, o assunto é a beleza do lugar, que vamos mostrar em 100 fotos do Jalapão!
⇒ GUIA DE VIAGEM ALTER DO CHÃO: Tudo que você precisa saber!
⇒ GUIA DE VIAGEM FOZ DO IGUAÇU: Tudo o que você precisa saber!
Basta admirar as imagens para saber que o local é único. Chapadões e serras cobertos por vegetação dourada de savana e cerrado, dunas alaranjadas e impressionantes formações de rocha vermelha se espalham por uma área de 34 mil km². A paisagem árida é cortada por uma imensa teia de rios, cachoeiras e fervedouros – nascentes em que a água brota da areia – todos de águas transparentes, potáveis e de tons de azul e verde inimagináveis.
Existe de fato uma área de conservação chamada Parque Estadual do Jalapão, mas apenas duas das inúmeras atrações da região se encontram dentro dele (as dunas e a Cachoeira da Velha). As outras se espalham ao longo de três cidades: Mateiros, Ponte Alta do Tocantins e São Félix do Tocantins. Todas são muito simples e pequenas, mas oferecem a infraestrutura necessária ao turista, com pousadas familiares e restaurantes caseiros.
Comida bem brasileira é uma atração à parte no Jalapão. Prepare-se para muita galinha caipira, massa, arroz, tutu, farofa, carne de panela e outras delícias. Os sucos são sempre frescos e feitos de frutas típicas, como caju do cerrado e cajá, ou mesmo de frutas importadas que se adaptaram bem à região, como o tamarindo. Claro que uma cervejinha gelada no fim da tarde é sempre bem-vinda, já que o calor beira os 40ºC quase o ano todo.
No Jalapão, as estradas de terra vermelha são infinitas, assim como a quantidade de buracos e costelas de vaca. Por isso, os deslocamentos entre as atrações são longos, embora as distâncias sejam curtas. Muita gente acaba se enganando com isso e acha que pode conhecer o lugar em pouco tempo, mas isso não é real. Não é aconselhável reservar menos de quatro dias para fazer a viagem, sendo que o ideal mesmo é ficar seis. Garantimos que vai valer a pena!
Quer comprovar? Viaje agora mesmo por dunas, cachoeiras e fervedouros em 100 fotos do Jalapão!
COMECE A SUA VIAGEM AGORA!
⇒ Saiba fazer vacina contra febre amarela
⇒ Quando bagagem é de graça ou paga?
⇒ Como economizar dinheiro para viajar
⇒ Confira como levar remédios em viagem
⇒ Saiba se você precisa de visto para viajar

Você já ouviu falar do Jalapão? Já pensou em passar uma semana das suas férias por lá? Provavelmente, a resposta é não. Mas você deveria. Ah, se deveria! O Jalapão é uma região localizada no leste do estado do Tocantins, bem perto da tríplice divisa com Maranhão, Bahia e Piauí. Soa como o fim do mundo e, de fato, o acesso não é dos mais fáceis. Mas vamos falar sobre como chegar lá em outro texto. Neste aqui, o assunto é a beleza do lugar, que vamos mostrar em 100 fotos do Jalapão!

Basta admirar as imagens para saber que o local é único. Chapadões e serras cobertos por vegetação dourada de savana e cerrado, dunas alaranjadas e impressionantes formações de rocha vermelha se espalham por uma área de 34 mil km². A paisagem árida é cortada por uma imensa teia de rios, cachoeiras e fervedouros – nascentes em que a água brota da areia – todos de águas transparentes, potáveis e de tons de azul e verde inimagináveis.

Existe de fato uma área de conservação chamada Parque Estadual do Jalapão, mas apenas duas das inúmeras atrações da região se encontram dentro dele (as dunas e a Cachoeira da Velha). As outras se espalham ao longo de três cidades: Mateiros, Ponte Alta do Tocantins e São Félix do Tocantins. Todas são muito simples e pequenas, mas oferecem a infraestrutura necessária ao turista, com pousadas familiares e restaurantes caseiros.

Comida bem brasileira é uma atração à parte no Jalapão. Prepare-se para muita galinha caipira, massa, arroz, tutu, farofa, carne de panela e outras delícias. Os sucos são sempre frescos e feitos de frutas típicas, como caju do cerrado e cajá, ou mesmo de frutas importadas que se adaptaram bem à região, como o tamarindo. Claro que uma cervejinha gelada no fim da tarde é sempre bem-vinda, já que o calor beira os 40ºC quase o ano todo.

No Jalapão, as estradas de terra vermelha são infinitas, assim como a quantidade de buracos e costelas de vaca. Por isso, os deslocamentos entre as atrações são longos, embora as distâncias sejam curtas. Muita gente acaba se enganando com isso e acha que pode conhecer o lugar em pouco tempo, mas isso não é real. Não é aconselhável reservar menos de quatro dias para fazer a viagem, sendo que o ideal mesmo é ficar seis. Garantimos que vai valer a pena!

Quer comprovar? Viaje agora mesmo por dunas, cachoeiras e fervedouros em 100 fotos do Jalapão!

_______________________________

Mais em MSN:

10 lugares perfeitos para curtir o outono no Brasil

Praia do Jacaré, na Paraíba, tem nova estrutura para turistas

5 praias inacreditáveis que vão te fazer ter vontade de tirar férias agora


© Foto: Ticiana Giehl e Marquinhos Pereira/Escolha Viajar

Mais de Escolha Viajar

image beaconimage beaconimage beacon