Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Benfica, Porto, Sporting, Primeira Liga, Liga dos Campeões, Cristiano Ronaldo, Mourinho

Benfica tem 30 milhões de euros na corda bamba

Logótipo de O Jogo O Jogo 06/10/2017 Francisco Sebe
Talisca © REUTERS/Kemal Aslan Talisca

A SAD encarnada espera conseguir segurar os atletas com vínculos mais prolongados para evitar ter de os vender por valores abaixo do desejado. Mas tal negociação não se adivinha fácil.

O Benfica está preocupado com as situações de Samaris, Cristante, Talisca e Ola John, jogadores que terminam contrato em junho de 2019 e que, juntos, representaram um investimento de mais de 30 milhões de euros. Valor que fica em risco de se perder, caso os encarnados não consigam prolongar os vínculos.

A cada mês que passa, a SAD do Benfica vê o seu peso negocial ser enfraquecido, até porque em janeiro de 2019 qualquer um dos atletas referidos já pode assinar por outro clube sem que as águias daí retirem dividendos. Uma situação delicada é a de Talisca, jogador cedido ao Besiktas e que custou aos encarnados 4,75 Meuro. O brasileiro cumpre a segunda época cedido aos turcos, que estão interessados numa contratação definitiva. O Besiktas tem uma opção de compra no valor de 25 milhões (onde se descontam quatro milhões já pagos pelos empréstimos), mas espera regatear o preço com Luís Filipe Vieira em breve. As águias terão demonstrado vontade em prolongar a ligação com o médio, que se tem valorizado, mas este há muito que não esconde o desagrado para com as águias. Já Cristante, atualmente cedido à Atalanta, custou 5,2 milhões, pagos ao Milan, mas o clube de Bérgamo assegurou uma cláusula de compra, segundo a Imprensa italiana, de 4 milhões. A chamada à seleção de Itália, para os jogos com a Macedónia (hoje) e a Albânia (dia 9), pode fazer deste um bom negócio para... a Atalanta. Investimento de peso - cerca de 12 M milhões - Ola John é o caso de maior apreensão para as águias. O holandês teve cedências a Hamburgo, Reading, Wolves e Corunha, mas agora está a treinar com a equipa B, sem perspetiva de a SAD reaver o pesado investimento.

O caso de Samaris também preocupa. O médio grego custou pouco mais de nove milhões de euros (9,078 Meuro) e Luís Filipe Vieira já traçou dois possíveis caminhos para o jogador: ou renova ou sai, com as águias a desejarem 20 milhões de euros.

O melhor do MSN em qualquer dispositivo


AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon