Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Benfica, Porto, Sporting, Primeira Liga, Liga dos Campeões, Cristiano Ronaldo, Mourinho

Bilhetes para o jogo com o Sporting geram polémica em Chaves

Logótipo de O Jogo O Jogo 11/01/2017 Hugo Monteiro

A mesma bancada tem dois preços: um em Chaves e outro em Lisboa. Os adeptos estão furiosos.

O Chaves regressou esta manhã ao trabalho, em Vila Pouca de Aguiar, tendo em vista a receção ao Sporting, jogo que está a provocar enorme demanda de bilhetes, mas controvérsia em igual medida. Tudo porque o clube decidiu que a bancada destinada aos adeptos do Sporting teria dois preços diferentes, consoante se forem comprados em Chaves (25 euros) ou em Lisboa (13 euros). Uma discrepância que está a revoltar os muitos adeptos sportinguistas da região transmontana.

© Jorge Amaral/Global Imagens

Já em relação ao jogo da Taça de Portugal, no dia 17, terça-feira, os preços oscilam entre os cinco euros (sócios), os 11 euros para os dois topos e os 18 euros para a bancada central descoberta. O facto de o duplo confronto ter um hiato de apenas três dias leva a que o Sporting permaneça em Vidago, local habitualmente utilizado pelo Chaves, que assim vai trabalhar no Municipal flaviense.

Em relação aos reforços já anunciados - André Geraldes, Ryan Gauld, Bressan e José Xavier -, nem todos se destinam à equipa principal. José Xavier, contratado ao V. Guimarães B, vai rodar no Pedras Salgadas, tal como o médio Gustavo Souza; e o central Mathaus vai ser cedido a um clube da II Liga, provavelmente Freamunde ou Ac. Viseu.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon