Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Caso E-toupeira. Assessor do Benfica em liberdade

O assessor jurídico do Benfica saiu em liberdade. Apesar disso, Paulo Gonçalves está proibido de contatar com os outros quatro arguidos do processo E-toupeira. A juíza de instrução criminal decretou prisão preventiva para o técnico informático do ministério da justiça, suspeito de receber contrapartidas para aceder ao sistema CITIUS.
image beaconimage beaconimage beacon